Tag: jornais

Avantia concede entrevista especial para a Revista Digital Tecnologia 360

Maurício Ciaccio, diretor comercial da Avantia, deu entrevista especial para a RT360. Ciaccio acredita que a inteligência artificial, machine learning e todas as tecnologias digitais e mobile, desenvolvidas pela empresa, farão bastante diferença neste cenário de insegurança e crise econômica. Veja a matéria na íntegra no site: https://revistatecnologia360.com.br/como-empresas-de-seguranca-eletronica-e-videomonitoramento-inteligente-podem-contribuir-neste-cenario-do-covid19/

Lançamento da Allis é destaque da SA Varejo

A Allis, empresa especializada em field marketing, criou em setembro do ano passado, o Allis On Demand – um app e serviço que oferece promotores especializados contratados por hora para qualquer tipo de demanda de PDV. A solução neste contexto do Covid-19 tem sido alternativa para o pequeno, médio ou grande varejista, mas notavelmente será uma alternativa pós-pandemia. Para conferir mais detalhes sobre a tecnologia, acesse o site: https://www.savarejo.com.br/detalhe/simples-assim-sa/servico-de-uberizacao-de-promotores-cresce-30.

CAM-CCBC é destaque em matéria do jornal Valor Econômico

O CAM-CCBC, principal centro de arbitragem do Brasil, foi destaque em uma matéria do jornal Valor Econômico, no caderno Legislação & Tributos, sobre como o mercado de arbitragem se adapta ao ambiente digital em meio a pandemia Covid-19. A Presidente do CAM-CCBC, Eleonora Coelho, comentou que os árbitros e as partes têm aceitado muito bem a migração para o online e acredita que este movimento representa uma tendência. Confira!

Miguel Neto Advogados concede entrevista para o Jornal O Globo sobre MP 936

O renomado escritório Miguel Neto Advogados, em entrevista para O Globo – um dos principais jornais do país -, releva sua opinião sobre a MP 936: “a decisão de Lewandowski atrasará a recuperação de negócios em crise por causa dos dias parados. Espero que o plenário do STF reverta logo a decisão para as empresas terem mais previsibilidade nas relações trabalhistas em tempos excepcionais como os atuais”.

Além da versão impressa, a banca também garantiu exposição na versão online do veículo. Confira na íntegra: https://oglobo.globo.com/economia/decisao-de-lewandowski-anula-efeitos-da-mp-936-dizem-especialistas-24357812

Estratégia de comunicação em meio à pandemia do Covid-19

A Avantia, empresa especializada em videomonitoramento inteligente, foi consultada pelo jornal Diário de Pernambuco – um dos principais veículos de comunicação da região – para falar sobre “tecnologias que estão ajudando no país no combate ao Covid-19”. Esse resultado mostra a estratégia com o qual a equipe da Ideias & Efeito trabalha para sempre garantir espaço na mídia para seus clientes. A matéria rendeu espaço na versão impressa e online.

Confira a matéria online na íntegra: https://www.diariodepernambuco.com.br/noticia/economia/2020/03/tecnologias-pernambucanas-ajudam-no-combate-a-covid-19.html

Zockun & Fleury Advogados no Estadão online

Artigo de autoria do sócio da área tributária do escritório Zockun & Fleury Advogados, Felipe Fleury, foi publicado no jornal O Estado de S. Paulo online, no Blog do Fausto Macedo.

No texto, o advogado considera que a crise econômica em decorrência da pandemia da COVID-19 pode representar uma excelente oportunidade para a efetiva aplicação da transação tributária recentemente disciplinada pela MP do Contribuinte Legal e cujo projeto de lei de conversão deve ser sancionado nos próximos dias.

Confira: https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/a-transacao-tributaria-e-a-pandemia-de-covid-19/

 

Advogada Patricia Peck Pinheiro fala ao Valor Econômico sobre o novo ponto eletrônico

Multa para novo ponto eletrônico é adiada

por Adriana Aguiar

O Ministério do trabalho e Emprego publicou ontem uma instrução normativa que trata da fiscalização nas empresas sobre a adoção obrigatória, a partir de 26 de agosto, do novo relógio de ponto eletrônico.

Pela nova instrução, nenhuma empresa será efetivamente autuada até o dia 25 de novembro por não ter instalado o novo equipamento. Isso porque a norma prevê a chamada “dupla visita” que ocorrerá até essa data. Na primeira vistoria à empresa, os fiscais só poderão orientá-la caso sejam detectadas irregularidades. Em um prazo de 30 a 90 dias, os fiscais retornam ao estabelecimento para checar se as alterações solicitadas foram realizadas.

Clique na imagem abaixo e confira a matéria na íntegra

Off Field no caderno de Negócios da Folha de S. Paulo

Crédito pró-Copa turbina preparação para 2014
BNDES, FAT e MTur lançam linhas com condições especiais de prazo e juros

Antes de investir, empresários precisam ponderar benefícios do endividamento, ressalta consultor.

BRUNA BORGES

Pode ser que o restante do país só tenha olhos para a Copa-2010, que começa em três semanas. Mas, no caso do time dos micro e pequenos empresários, a hora de se armar para marcar o gol em 2014 é agora.
O evento deve gerar R$183 bilhões para a economia entre 2010 e 2019, de acordo com o Ministério do Esporte. Para garantir uma fatia desse bolo, empresários se veem diante do desafio de investir em inovação e capacitação.

Leia aqui a matéria completa

Eduardo Tomiya, da BrandAnalytics no jornal Brasil Econômico

Telefônica muda para Movistar em 2011

O diretor Fabio Bruggioni ratifica interesse em adotar marca espanhola em operação de telefonia fixa no Brasil.

Ruy Barata Neto

A Telefônica deverá assumir a marca Movistar no Brasil em sua operação de telefonia fixa. Ontem, em conferência via internet realizada com blogueiros, o diretor executivo da empresa, Fabio Bruggioni, disse que depois de uma série de investimentos para melhorar a infraestrutura de serviços e o relacionamento com cliente, aplicados entre 2008 e 2009, a operadora se sente pronta para começar em 2011 a adotar a marca Movistar no país.

 

Leia mais clicando aqui

Off Field no jornal Meio & Mensagem

Ciclo de grandes eventos aquece marketing esportivo

Lei de incentivo ao Esporte e escolha do Brasil para sediar a Copa de 2014 e a Olímpiada de 2016 impulsionam a atividade e atraem grupos investidores

Tratado no passado como ação de oportunidade ou plataforma para promoções e eventos, o marketing esportivo brasileiro vem se consolidando nos últimos três anos como disciplina de comunicação independente, cada vez mais desejada pelas marcas. O primeiro grande impulso para sua profissionalização aconteceu com a aprovação, no final de 2006, do Projeto de Lei n° 11.438, de incentivo ao esporte, que abriu u primeiro caminho para que empresas pudessem deduzir no imposto de renda até 1% do volume de recursos aplicado em patrocínio a entidades esportivas.

Leia mais clicando aqui
aqui
e aqui