Category: UNS

Costureira da Arranjos Express, especializada em costura e customização de roupas, ensina como transformar um sutiã comum num strappy bra no site Bolsa de Mulher

Strappy sutiã: aprenda a fazer em casa

Por Marianna Feiteiro

O strappy bra é a sensação do momento. A moda foi popularizada pela personagem de Sophie Charlotte na novela Babilônia, da Rede Globo, e rapidamente ganhou a cabeça e armário das fashionistas. A proposta do sutiã com tiras sutiã com tiras é que seja usado por baixo de regatas e blusas cavadas, de modo que as faixas no colo e costas fiquem à mostra.

No comércio virtual, é possível encontrar alguns modelos à venda a partir de R$ 80. Porém, não é preciso desembolsar tanto para ter a lingerie da moda: a costureira Marlene Ramos Barreto da rede Arranjos Express, especializada em costura e customização de roupas, ensina como transformar um sutiã comum num strappy bra usando apenas elástico.

Para ver o passo a passo na íntegra, clique aqui.

Campanha institucional publicitária da UNS Idiomas é notícia na revista Propaganda

“Sua História é feita de  decisões”

De olho na urgência do mercado em contratar profissionais que se comuniquem em inglês, a UNS Idiomas, anunciou a campanha anual de comunicação para 2014 com peças que reforçam a necessidade da segunda língua para a carreira profissional.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo 

Revista Propaganda- março 2014

Marcel Magalhães, presidente da UNS Idiomas, fala sobre sua trajetória profissional no site Novo Negócio

Marcel Magalhães e as ideias inovadoras da UNS Idiomas

Por Vinícius Gonçalves

Marcel Magalhães começou de baixo: foi office boy e assistente administrativo até chegar um cargo executivo em um banco privado, onde ficou por cinco anos. Sem desafios decidiu mudar de área. candidatou-se a uma vaga de trainne comercial em uma rede de escolas de idiomas, em 1998. Cresceu, virou diretor e acreditou em um negócio. Foi assim que surgiu a UNS Idiomas.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo 

UNS Idiomas - Novo Negócio Starup

Revista Franquia & Negócios fala sobre a criação da área Corporate, da UNS Idiomas

UNS IDIOMAS investe em parcerias com o mercado corporativo

A UNS Idiomas, rede de escolas de inglês, formatou um planejamento ousado para o mercado corporativo com a criação da área Corporate, programa de atendimento que otimiza o relacionamento com outras empresas por meio de convênios e parcerias, principalmente com no público da classe B, que necessita de um ensino de inglês diferenciado em um curto prazo de tempo.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo 

Valter Pieracciani, da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, fala à revista Época sobre bilionários inventores

Estes bilionários malucos…

… e suas invenções maravilhosas. Elon Musk, Jeff Bezos, Sergey Brin, Richard Branson e tantos outros  querem usar sua fortuna para transformar o impossível em realidade.

Por Marcos Coronato

O bilionário sul-africano e inventor Elon Musk estava sentado no bar de hotel chique em Mônaco, quando o bilionário americano, inventor e super-herói Tony Stark se aproximou da mesa e o cumprimentou. “Elon, aqueles motores de foguete são fantásticos”, disse Stark. “É? tenho uma ideia para um jato elétrico”, afirmou Musk. A cena dura alguns segundos do filme Homem de Ferro 2. Ao contracenar com um personagem de ficção, Musk apresentou ao mundo real uma eficiente mensagem de marketing.

Como o herói do filme, Musk quer ser reconhecido. Fundador da fabricante de automóveis elétricos Tesla Motors, Musk faz parte de um grupo pequeno de ultrarricos com dotes visionários, inventividade e imensa habilidade para o marketing pessoal. “É ótimo que esses bilionários existam. Espero que eles queiram entrar para  história e não apenas aparecer”, diz o consultor e especialista em inovação Valter Pieracciani.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo 

 

Diretor da Finnet fala à revista TI Inside sobre ferramenta lançada pela empresa para o mercado de saúde

Saúde sob os cuidados da TI

Por Inaldo Cristoni

As manifestações que sacudiram o Brasil no mês de junho lançaram holofotes sobre alguns problemas que afligem a população, como a  péssima qualidade dos serviços públicos. Um dos vilões apontados pelo povo nas ruas é a saúde, área que está quase sempre às voltas com ausência de médicos, filas de espera, demora na marcação de exames e de consultas, falta de medicamentos, entre outros contratempos. Escassez de recursos financeiros para garantir um bom atendimento parece não ser  o único ponto da questão.

A Finnet aproveitou a participação no projeto Bandeira Científica 2012, da USP, para desenvolver uma solução própria para o mercado de saúde. A empresa identificou grande potencial de negócios na área e lançou um portal de serviços para clínicas, hospitais, centros de saúde com funcionalidades tais como exames médicos, consultas, cadastro prontuário do paciente, que os profissionais da saúde podem contratar no modelo de computação em nuvem. “Desenvolvemos módulos para mais de dez especialidades médicas e estamos fazendo um trial em algumas clínicas”, revela relata Yoshimiti Matsukaki, diretor de recursos humanos da Finnet.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo 

 

Revista Claudia Bebê destaca clínica Cranial Care em duas páginas de matéria sobre assimetrias cranianas

Assimetria Craniana

Por Patrícia Gattone

Você já deve ter notado que, nos primeiros meses de vida,  alguns bebês costumam ter um lado da cabecinha diferente do outro. Um estudo realizado pela Escola de Medicina de Harvard comprovou que 12% dos recém-nascidos realmente apresentam essa deformidade. No Brasil, isso significa que, entre os 2,9 milhões de bebês nascidos em 2008 (data do último levantamento do Ministério da Saúde), cerca de 350 mil tinham plagiocefalia posicional, mais conhecida como assimetria craniana.

Segundo o Dr. Gerd Schreen, fundador da Cranial Care,  clínica especializada no tema e localizada em São Paulo, nos primeiros meses de vida o cérebro da criança se desenvolve numa velocidade muito grande e precisa rapidamente de mais espaço. “Ele literalmente empurra os ossos para fora. Se nessa fase, ou mesmo ainda dentro do útero da mãe, houver um obstáculo em determinada região, essa parte crescerá menos que as demais, acontecendo assim o achatamento da cabeça”, explica.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo 

Container Baby & Kids, do Grupo Container, é destaque em matéria sobre franquias no jornal DCI

Serviços  e varejo lideram as novas franquias

Por Flávia Milhassi e Igor Utsumi

O setor de franchising tem atraído um número significativo de novas franqueadoras. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) apontam que só este ano foram lançadas 45 empresas, crescimento de 15% em a relação a  2012. Os segmentos de  serviços e varejo são os destaques dos setor, com o maior número de operações inéditas.

Dentre as novidades está o Grupo Container, que aproveitou para trazer aos investidores a marca Container Baby & Kids.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo 

 

Marcel Magalhães, diretor da UNS Idiomas, é destaque como empresário inovador em matéria da revista Empreendedor

Espírito Inovador

Imagine um empresário que do nada decide que visitará todas as unidades de rede para ver performance de atuação e captar ideias de fraqueados e alunos. Ou decide que precisa sair da mesmice e cria um curso nomeado “UNS Experience”, desenvolvido para a terceira idade. Este personagem é Marcel Magalhães, proprietário da UNS Idiomas, conhecido no meio empresarial como “o empreendedor que vive de inovação”.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo 

 

 

Busca de franqueados pela UNS Idiomas em Brasília é destaque na revista Brasília Em Dia

UNS Idiomas deve inaugurar três unidades em Brasília

Diante da expectativa de crescimento de 50%  nos próximos cinco anos, principalmente por conta da proximidade dos eventos esportivos, a UNS Idiomas estima abertura de três novas escolas  em Brasília e já inicia a seleção de franqueados interessados em ingressar no mercado. Com este foco, a marca realizou, no último dia 23 de maio, um Road Show para empresários e empreendedores interessados em abrir uma escola da rede.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo 

Expansão da UNS Idiomas no Distrito Federal é notícia no Correio Braziliense

Sucesso made in Brasília

Por Gizella Rodrigues

O setor de franquias está em expansão no Distrito Federal. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) mostram que, no fim de 2012, existiam 1.520 unidades franqueadas em operação na cidade, a maioria delas (345) no ramo de alimentação. O mercado é dominado por marcas nascidas em outros estados e atraídas para a capital pelo potencial de consumidores com alto poder aquisitivo. As já instaladas querem se expandir pelas regiões administrativas e as que não chegaram desejam conquistar o brasiliense.

Aquele que pretende investir na UNS Idiomas tem que desembolsar entre R$ 90 mil e R$180 mil. A franquia promete faturamento bruto médio de R$ 50 mil por mês. “O DF está no foco da empresa por ser uma região com grande desenvolvimento e economia aquecida”, afirma Carlos Coelho, gerente de expansão da marca. Três escolas da rede, fundada há 10 anos em São Paulo, já funcionam no DF.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

 

 

 

 

 

 

 

 

Jornal de Alphaville entrevista Dr. Gerd Schreen, da Cranial Care, sobre o tratamento de plagiocefalia posicional

Assimetria craniana exige atenção

Por Ludmilla Amaral

A cabeça de um bebê recém-nascido demora alguns meses para se formar e enrijecer e, caso não haja o cuidado necessário, alguns problemas no crânio podem aparecer, como a plagiocefalia posicional, que  é uma assimetria detectada no crânio das crianças, deixando o bebê com a cabeça nitidamente torta.

Segundo Dr. Gerd Scheen, especialista em assimetrias cranianas no Brasil, sem o tratamento adequado a deformação pode gerar dificuldades no fechamento da mandíbula, desalinhando visualmente, além de outros problemas funcionais.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo

 

 

 

Carlos Coelho, da UNS Idiomas, fala ao Valor Econômico sobre conversão de bandeira no setor de franchising

Estratégia ideal para conquistar o interior

Por Kátia Simões

De um lado, o pequeno empresário com boa clientela e tradição, que teme ser engolido pela concorrência. Do outro, grandes redes em busca de candidatos a franqueados com vasta experiência, domínio da região em que atuam, reconhecimento da clientela e pontos já instalados. Some a isso o crescimento da demanda por marcas conhecidas em cidades com menos de 200 mil habitantes e está criado o cenário para explicar o sucesso das  franquias de conversão, que transformam negócios independentes em unidades franqueadas.

Carlos Coelho, gerente de franquias da UNS Idiomas, conhece bem o peso da aculturação dos novos parceiros para o sucesso da rede. “As pessoas chegam com seus próprios métodos de ensino e de gestão, muitas vezes com vícios”, declara. “Temos que quebrar alguns paradigmas para incutir o DNA da rede. Com isso, o tempo de maturação da franquia pode aumentar”.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo