Tag: Focusnetworks

Diretores das empresas ClearSale, Focusnetworks e MídiaNext falam sobre empreendedorismo à revista Gestão & Negócios

Preparado para empreender?

Por Milena Parente

Empreender. Inventar ou reinventar algo. Trazer ao público uma experiência totalmente inusitada ou, simplesmente, sobre algo já existente. Simplesmente? Digamos que empreender não é uma tarefa tão simples assim. Atualmente, vivemos em uma era em que há muitos negócios e tecnologias cada vez mais sofisticadas que acirram a concorrência, e softwares que auxiliam o dia a dia de um empresário. E para que tudo isso dê certo, o que é necessário para um empreendedor encontrar o verdadeiro caminho para o sucesso?

A carga tributária foi uma das principais dificuldades que esbarrou no início da ClearSale, é o que informa o CEO da empresa, Pedro Chiamulera, que também cita a falta de dinheiro para pensar no estratégico e muita burocracia estatal. De todos os contratempos, ele levanta o que considerou mais difícil na abertura da empresa: ter as pessoas certas e alinhadas e manter o foco no core, apesar da pressão financeira.

Segundo o diretor de novos negócios da Focusnetworks e fundador da MídiaNext, consultoria de planejamento digital, Rafael Kiso, há uma diferença entre ser empreendedor e ter espírito empreendedor. “Ter boas ideias não tem idade, mas empreender tem. A idade certa é aquela na qual a pessoa está preparada tecnicamente e tem, pelo menos, alguma experiência gerencial como empregado. Salvo as exceções, esse é o caminho mais provável do sucesso”.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Jornal DCI destaca presença da Focusnetworks na feira Brasil Promotion

Uma versão itinerante da Brasil Promotion

O mercado de marketing promocional no Brasil movimentou em 2010 R$ 33 bilhões e a perspectiva de crescimento para este ano de investimento das empresas no setor é de 16%, segundo levantamento feito pelo Ibope Inteligência. Campinas recebe hoje a Brasil Promotion, que já acontece há 9 anos na cidade de São Paulo. É a maior feira de marketing promocional do País e o evento ideal para quem deseja encontrar soluções diferenciadas para campanhas, ações promocionais e eventos corporativos.

Durante a exposição, os visitantes acompanharão as novidades e lançamentos em produtos e serviços do mercado promocional. Após o coffe break, Rafael Kiso, diretor da Focusnetworks, aborda como publicar conteúdo nas redes sociais.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Rafael Kiso, da Focusnetworks, fala à revista Marketing sobre a MídiaNext e a relação entre empresas e redes sociais

O boom das mídias sociais

Última pesquisa realizada pelo Ibope, em parceria com a Worldwide Independent Network of Market Research, mostrou que 87% dos internautas brasileiros acessam redes sociais, um número que desperta a atenção de empresas que veem nessa ferramenta mais um canal para divulgar suas marcas. O entrave, no entanto, dá-se pelo fato de que ainda são poucas as companhias que fazem um investimento próprio nesse segmento – ou fazem e encontram algumas barreiras que os impedem de atingir seu público-alvo. A prova desse cenário é o surgimento de agências especializadas em mídias sociais.

Rafael Kiso, diretor da Focusnetworks e diretor de novos negócios da MídiaNext, aponta que a maior barreira que existe na relação empresa/redes sociais é o medo.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

 

Rafael Kiso, fundador da Focusnetworks, fala aos leitores da revista InformationWeek sobre o empreendedorismo da Geração Y

Os Y chegam ao comando

Por Vitor Cavalcanti

A tão falada geração Y está envelhecendo. Com muitos à beira dos 30 anos, espalham-se por diversas companhias líderes integrantes deste grupo que, há alguns anos, é debatido pelos departamentos de recursos humanos, especialistas em gestão de pessoas e outros interessados no tema. Com perfil mais propenso à informalidade, mas com características que agradam muitas corporações – como agilidade no aprendizado e capacidade de desenvolver mais de uma atividade ao mesmo tempo -, esta geração criou uma forma de pensamento não-linear.  Justamente por essa razão, os jovens eram temidos pelo comportamento “anticorporativo” e pelo anseio por liberdade (que alguns poderiam julgar demasiada) no ambiente de trabalho. Agora, ocupando o lugar dos antigos chefes, como eles têm se saído?

Quem também prefere trabalhar com mais jovens é Rafael Kiso, fundador da Focusnetworks, 28 anos. A companhia, hoje uma agência de social business, surgiu para cuidar da estratégia de levar as corporações para o mundo web. Por lá, o mais velho tem 34 anos. Kiso afirma que chegou a contratar um gerente de projetos de 37 anos, mas não deu certo. “A cultura e a forma como trabalhamos é diferente. Muitos funcionários cresceram aqui, são multitarefa, não habituados a estrutura de chefia, aquela coisa ditatorial”, relata.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Focusnetworks e Direct Labs participam de matéria sobre a possível segunda bolha da internet na revista InformationWeek

A bolha do Facebook assusta?

Por Gilberto Pavoni Junior

A rede social Facebook está assustando o mundo e não é por sua inovação tecnológica ou por ter gerado um bom filme. A especulação toda gira em torno do seu alto valor de mercado e uma possível bolha especulatória prestes a explodir no setor. Algo semelhante ao ocorrido em 2000, quando centenas de empresas de internet sumiram do mapa, os preços de ações foram exterminados e uma onda de volatilidade atingiu o mundo todo causando uma depressão traumática em tudo o que estava relacionado à tecnologia.

“Pode haver alguma especulação no valor em torno do Facebook, mas a empresa é promissora e mudou o modo como nos relacionamentos com a internet”, aponta o diretor de novos negócios da Focusnetworks, Rafael Kiso.

Qualquer esvaziamento dos preços de mercado não seria endêmico como foi em 2000. “Na época havia empresas de servidores, redes e consultorias que planejavam vender muito com as pontocom e viram os planos frustrados”, lembra o consultor de mídias sociais da Direct Labs e cocriador da rede de relacionamento Via6, Diego Monteiro.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo:

 

Rafael Kiso, diretor da Focusnetworks, fala sobre internet e redes sociais na TV Estadão

Internet e redes sociais: uma revolução na propaganda

Por Letícia Bragaglia

À frente da Focusnetworks, agência de publicidade digital criada há mais de dez anos, Rafael Kiso tem experiência de sobra pra falar sobre a importância da internet e das mídias sociais na hora de alavancar os negócios. Segundo ele, as empresas que não souberem conversar com o consumidor através da internet dificilmente irão sobreviver no futuro.

“Hoje em dia, o Google é a melhor vitrine para quem quer fazer propaganda na internet. Por conta disso, muitas empresas decidiram simplificar seus sites, já que tecnologias pesadas não eram indexadas pelo buscador”, comenta Kiso.

 Assista a entrevista na íntegra nos dois vídeos abaixo:

Enox e Focusnetworks são destaque em reportagem do jornal Valor Econômico

Criatividade e bom atendimento geram negócios sólidos

Por Jacilio Saraiva

Casar boa ideias com serviço e atendimento de qualidade pode levar uma empresa a se diferenciar das concorrentes. Quem garante são empresários e especialistas em empreendedorismo.

Na Focusnetworks, fundada há dez anos em São José nos Campos (SP), o posicionamento foi investir em projetos em redes sociais. Com 54 funcionários coleciona mais de 20 clientes, como Itaú e Embraer. “Percebemos um novo nicho de trabalho nas mídias sociais e deixamos de ser uma agência de e-business para trabalhar com s-business (social business)”, diz Rafael Kiso, diretor de novos negócios.

Segmentação garante resultados

A segmentação de atividades pode ajudar as empresas a lucrar com boas ideias. É o que prova a Enox, da área de publicidade, que trilhou o caminho da mídia indoor.  “Percebemos que o público que frequentava um único estabelecimento não representava nada para um grande anunciante, mas, se criássemos uma rede com os melhores pontos de cada segmento, a história poderia mudar”, lembra o sócio da Enox Rafael Cordeiro.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo.

Ação desenvolvida pela Focusnetworks para marca Tabasco é notícia no jornal Brasil Econômico

Pimenta só na comida!

Por Daniela Paiva

O iPad não enche barriga, mas aguça o desejo de quem é louco pelas novidades dos tempos modernos. De olho nisso, a Focusnetworks elaborou campanha para a marca de molhos Tabasco que mistura tecnologia e modo de fazer. Lançado esta semana, o site www.tudocomtabasco.com.br promove concurso de receitas. “Fazer campanha na internet é mais barato e mais inteligente”, garante Rafael Kiso, diretor de novos negócios da Focusnetworks.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo.

Revista Época conta trajetória de sucesso de Rafael Kiso, diretor da Focusnetworks

Twitters sob medida

Por Bruno Ferrari e Carlos Giffoni

O primeiro contato de Rafael Kiso com a internet foi em 1995, quando, aos 12 anos, aprendia programação na Universidade do Vale do Paraíba, em São José dos Campos. Entre os projetos desenvolvidos estava a intranet da universidade. Nos anos seguintes, esse aprendizado virou oportunidade de negócio. O sócio foi o irmão mais velho, William, e o quarto funcionou como o primeiro escritório. “Ali comecei a desenvolver sites para clientes pequenos”, diz Kiso.

Para ler a reportagem, clique na imagem abaixo

Revista ProXXIma consulta profissionais da Focusnetworks, Enken e Direct Performance para dicas de visibilidade na web

Quem é vivo sempre aparece

Buscadores como Google, Bing e Yahoo são porta de entrada para a maioria dos sites

Por Fernanda Bottoni

Buscadores como Google, Bing e Yahoo são a vitrine de muitos sites. O mais popular deles já virou até verbo. Para comprovar, experimente dar uma “googada” aí no seu browser.

“O Google é a porta de entrada para praticamente todos os sites. Vemos isso através do Google Analytics de todos os clientes”, avalia Rafael Kiso, diretor de novos negócios da Focusnetworks, agência de marketing digital.

Para quem quer se preparar melhor para essa verdadeira guerra pelo topo dos resultados das buscas, a revista Proxxima preparou uma seleção de dicas e recomendações de especialistas no assunto. Segundo Fábio Serra, da Direct Performance, consultoria de business intelligence, tudo começa com uma boa organização do próprio site. “Se o internauta tem facilidade para encontrar as informações que procura numa página, provavelmente o buscador também terá. Se estiver claro para um, provavelmente estará claro para o outro”, diz.

Não basta patrocinar

Segundo os especialistas, porém, nem mesmo uma boa estratégia de links patrocinados  é capaz de lapidar uma imagem estragada pelas opiniões de consumidores na web. “Não adianta veicular mídia paga em buscadores sem possuir uma presença positiva no resultado de busca orgânica. O consumidor verá reclamações na principal área de visualização e anúncios na área secundária. Parece óbvio, mas muitas marcas fazem isso”, diz David Reck, diretor da Enken Comunicação Digital.

Clique nas imagens abaixo e confira a matéria na íntegra

Ação desenvolvida pela Focusnetworks para a Kopenhagen ganha espaço na Revista ProXXIma

Kopenhagen

60 anos na web

A marca apresentou o hotsite da campanha Nhá Benta Clássicos para comemorar os 60 anos de sua existência. No canal virtual, assinado pela Focusnetworks, o usuário encontra toda a história do produto, os sabores clássicos e, sobretudo, o lançamento de uma nova versão. Na página é possível ver, ainda, o vídeo da campanha.

Clique na imagem abaixo para ler a notícia

Jornal O Globo consulta especialistas da Direct Labs e da Focusnetworks para matéria sobre redes sociais

Orkut acirra briga com Facebook e Twitter no país

Redes sociais disputam internautas brasileiros em novos serviços e em maior interação na internet

por Bruno Rosa

As principais redes sociais estão intensificando a disputa pelos internautas brasileiros. Enquanto Facebook e Twitter crescem com força, o Orkut, controlado pela Google, se arma de novidades para não perder a liderança no país, onde já conta com mais de 30 milhões de usuários, correspondendo a quase 60% da base global.

“Metade da base do Orkut hoje é a classe C. O crescimento do Orkut no Brasil é sustentado basicamente pela entrada de brasileiros das classes sociais mais baixas na internet. E o orkut faz suceso porque é mais simples que o Facebook. Por outro lado, o Facebook e Twitter conquistaram os mais antenados”, explica Rafael Kiso, diretor da Focusnetworks.

Por atrair um público de maior renda, o Facebook e o Twitter têm buscado cada vez mais a atenção de empresas. “É difícil uma rede como a do Orkut acabar. Mas a migração está acontecendo. Hoje, as empresas usam o Orkut por suas comunidades como forma de relacionamento com seus clientes. No Facebook e no Twitter, anunciam as novidades”, afirma Diego Monteiro, consultor de Redes Sociais da Direct Labs.

Clique na imagem abaixo para ler a matéria completa