Tag: e-commerce

História da Brother&Brother é destaque no IG Economia

Irmãos largam carreira e investem R$ 1 milhão em relojoaria customizada

Carlos e Gustavo Freire sonhavam desde criança com a sociedade em família; modelo de negócio permite até 450 mil combinações de relógios

Por Murilo Aguiar

Lançada no primeiro semestre deste ano, a relojoaria masculina Brother & Brother é resultado de um investimento de R$ 1 milhão por parte dos irmãos. “Desde pequenos nós contribuíamos um com outro no nosso crescimento e chegamos a um ponto de nossas vidas em que estávamos fazendo dinheiro para os outros e não para nós mesmos”, conta Carlos, de 33 anos, sobre a decisão de colocar o plano com seu irmão mais velho Gustavo, de 36 anos, em prática. Para isso, os dois tiveram de largar as respectivas carreiras em marketing e vendas e planejaram o formato da empresa durante dois anos e meio.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Ig Economia 22.07

Paulo Schiavon, diretor de planejamento da Enken, fala à revista Place sobre o crescimento do e-commerce no mundo da moda

E-commerce na moda

Por Camila Dias

Com uma gama infinita de facilidades para os consumidores, o e-commerce cresce constantemente no Brasil e no mundo. Segundo dados da empresa e-bit, consultora em compras online, em 2012 as vendas aumentaram em 20%, com relação ao ano anterior e o faturamento no Brasil foi de 22,50 bilhões de reais. Boa parcela desses números corresponde ao segmento de moda que, em menos de dois anos, passou da 26ª posição de maiores vendas para o quinto lugar, logo atrás de beleza e saúde.

Para Paulo Schiavon, diretor de planejamento e mídia da Enken, empresa especializada em marketing integrado e e-commerce, as lojas virtuais conquistam clientes com sua versatilidade, por atendê-los em diferentes localidades e momentos da vida, durante 24 horas, todos os dias, na comodidade do lar, do escritório ou onde o consumidor preferir. Ele ressalta que,  se combinadas às lojas físicas, as vendas online só geram benefícios. “Os dois tipos de negócios são complementares, não excludentes”, diz.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Infracommerce é tema de matéria institucional no jornal Brasil Econômico

Infracommerce inicia atividades neste mês no comércio on-line brasileiro

Por Cristina Carvalho

O potencial de crescimento de 25% para este ano no mercado de e-commerce brasileiro, que tem faturamento estimado em R$ 28 bilhões, segundo dados do e-Bit, tem sido um chamariz para novos investimentos nessa área. Um exemplo que confirma o aquecimento do setor é o lançamento nos próximos dias da Infracommerce. A companhia tem foco no fornecimento de serviços completos para criação e gestão de lojas online e é formada por profissionais nacionais e estrangeiros especializados no tema.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

David Reck, diretor da Enken, fala sobre empreendedorismo digital no programa ‘Negócios Online’, da TV UOL

Entrevista

O apresentador José Paulo, no comando do programa “Negócios Online”, recebe o presidente da agência Enken, David Reck, para um bate-papo sobre empreendedorismo digital. O programa “Negócios Online” vai ao ar toda segunda-feira, ao vivo, a partir das 12h pela TV Geração Z – www.tvgeracaoz.com.br

Para ver a entrevista na íntegra, clique no link abaixo

TV Uol

Plataforma de e-commerce da PH3A é notícia da seção de Inovação e Empreendedorismo do jornal Brasil Econômico

Plataforma facilita comércio eletrônico de PMEs

Paulo César Costa deu início à PH3A após vender sua empresa especializada em software para base de dados. Como teve que ficar cinco anos fora do mercado por causa da concorrência, o executivo decidiu criar um startup em e-commerce. “Esta plataforma oferece nove soluções para os pequenos e médios empresários”, destaca Costa.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Paulo César Costa, fundador da PH3A, é destaque da coluna Decisão Difícil da revista Você S/A

Exílio do Mercado

Por Vanessa Vieira

Questão de Carreira
Quem nunca sonhou em ganhar muito dinheiro e se aposentar ainda jovem? Em 2006, o cientista da computação Paulo César Costa teve essa oportunidade, mas optou por retornar ao mercado. Há seis anos, a Informarketing, empresa de serviços tecnológicos para marketing direto, desenvolvida por ele virou caso de sucesso.

O dilema
O sucesso do negócio atraiu a atenção do grupo Experian, líder em serviços de análises e de marketing e gerenciamento de riscos. Paulo César recebeu uma proposta para vender a empresa por um valor que lhe permitiria se aposentar aos 41 anos.

A decisão
“Em abril de 2007 fechei a venda da Informarketing. Caso não vendesse, automaticamente ganharia um concorrente que é líder global nesse segmento. Se eu tinha 70 desenvolvedores trabalhando para mim na época, eles poderiam contratar 300. Não foi fácil. A gente sempre diz que quer ganhar na Mega-Sena e se aposentar, mas não é assim. Tentei ficar quatro meses sem fazer nada e, por incrível que pareça, foram os piores meses da minha vida. Viajei, realizei sonhos de consumo. Aí veio a pergunta: e agora? Neste ano estou retornando ao mercado com uma empresa de soluções de e-commerce para companhias de pequeno e médio porte, a PH3A. Os custos do e-commerce costumam ser proibitivos para essas empresas”.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Patricia Peck Pinheiro, referência em Direito Digital, orienta sobre como fazer promoções pela internet em nota destaque da revista Exame PME

Liquidação sem risco

Donos de lojas online precisam tomar alguns cuidados antes de fazer promoções e liquidações. “Nos últimos anos, vem crescendo o número de consumidores que entram na Justiça para reclamar de problemas nas compras feitas em sites de comércio eletrônico”, diz a advogada Patricia Peck Pinheiro, especialista em direito digital. “É preciso tomar alguns cuidados para evitar situações que possam levar a empresa a ser processada.”

Para ler a nota na íntegra, clique na imagem abaixo

Thiago Sarraf, da Enken, participa de matéria no jornal O Tempo (BH) sobre cupons de desconto no e-commerce

Cupons prometem ser a nova febre do comércio eletrônico

Por Priscila Brito

Os cupons, que já são muito comuns nos Estados Unidos, devem virar rotina no Brasil. As compras com descontos emitidos por lojas e grandes marcas começam a ganhar terreno no país e já existem sites personalizados em agregar os cupons.

Descontos não excluem necessidade de pesquisa

A profusão de descontos oferecidos pelos cupons não deve ser motivo para não abrir mão de regras básicas de consumo, como comparar preços e pesquisar antecedentes de empresas antes de comprar, orientam especialistas. “O consumidor tem que se precaver. Pesquisar, olhar no Reclame Aqui, escolher lojas com credibilidade”, diz o diretor de e-commerce da Agência Enken, Thiago Sarraf.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Paulo Cesar Costa, da PH3A, fala sobre mercado de e-commerce no jornal Valor Econômico

Ligados na rede

Por Jacilio Saraiva

A chef banqueteira Mônica Dacjz, no mercado há 18 anos, sentiu a necessidade de oferecer suas receitas na web. Especializada em tortas que servem de quatro a oito pessoas e são vendidas por R$ 15 a R$ 44, a empresária garante entregas em até três dias úteis. “Quase 30% dos nossos negócios já são feitos pelo site”, diz Mônica. “Mas a tendência é de crescimento, com um aumento de 20% das encomendas on-line, no próximo ano.”

Para Paulo César Costa, diretor da PH3A, que desenvolve plataformas de e-commerce, os pequenos empreendedores virtuais precisam driblar desafios como direcionar orçamentos limitados para ações efetivas e oferecer um bom nível de serviço ao cliente. “Todos querem vender, mas é importante estar preparado para atender o comprador. Isso inclui um planejamento de disponibilidade de mercadorias, entregas no prazo e estar disponível para solucionar demandas.”

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Carlos Eduardo Stefanini Carvelatti, da Finnet, assina artigo sobre meios eletrônicos de pagamento no jornal Brasil Econômico

Meios eletrônicos de pagamento e a democratização do conceito – 2.0

Desde a criação da internet, durante a Guerra Fria até o gerenciamento 2.0, é notória a evolução tecnológica e a convergência do setor, caracterizada pela transição da moeda física a utilização de cartão de débito/crédito, chegada das lojas virtuais, como também formas de pagamento eletrônico e compra de produtos via mobile. No mercado B2B, a democratização dos meios eletrônicos é vista com bons olhos. As pequenas, médias e grandes empresas, que compraram softwares comercializados por poucas companhias de TI, hoje estão livres para escolher portais totalmente integrados às instituições financeiras, tornando acessível para qualquer empresa a gestão inteligente dos negócios.

Para ler o artigo na íntegra, clique na imagem abaixo

 

Portal Estadão entrevista Daniel Pereira, da GVP IT Solutions, sobre dicas de preparação do e-commerce para o Natal

Varejo online deve se preparar agora para o pico de vendas do Natal

Há menos de quatro meses para o Natal e o varejo online precisa se preparar para o pico de vendas do período. Para ajudar o empresário a se planejar, o Estadão PME conversou com o diretor-executivo da empresa de tecnologia GVP IT Solutions, Daniel Pereira, sobre dicas para o  e-commerce ficar atento e aproveitar a data.

Para ler a notícia na íntegra, clique no link abaixo

http://pme.estadao.com.br/noticias/noticias,varejo-online-deve-se-preparar-agora-para-o-pico-de-vendas-do-natal,2148,0.htm

 

 

 

 

 

Direct Talk participa do programa Economia & Negócios, da Recordnews

Diretor de novos negócios fala sobre o uso de tecnologias inteligentes para aprimorar o  relacionamento com o consumidor

A jornalista Fátima Turci, apresentadora do programa Economia & Negócios, da Recordnews,  recebeu este mês o diretor de novos negócios Marcelo Pugliesi,  da empresa Direct Talk.  A entrevista abordou o desenvolvimento de softwares que ajudam no atendimento ao consumidor para o comércio online e formas de melhorar o relacionamento entre as partes.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo

http://noticias.r7.com/record-news/2012/05/05/economia-negocios-84/

 

 

Pesquisa da ClearSale sobre fraudes em compras online é tema de matéria no jornal Brasil Econômico

Nordeste concentra fraudes de pagamentos em e-commerce

Por Flávia Furlan

Apesar dos moradores do Sudeste do país realizarem mais compras  online, as fraudes estão mais concentradas no Nordeste, revelou pesquisa realizada pela Clearsale, empresa de autenticação de compras e prevenção de fraudes no e-commerce.

” No Nordeste, a educação financeira é menor e as pessoas acabam caindo mais em fraudes e, além  disso, há menos proteção nos computadores”, afirma Pedro Chiamulera, socio-fundador da ClearSale.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo

 

 

Diário do Comércio, de MG, destaca atuação da ClearSale na prevenção de fraudes virtuais

Minas sofre menos tentativas de fraudes virtuais

Por Saulo Barbosa

Quem mora em Minas Gerais pode ficar mais tranquilo em relação a usuários de internet de outras regiões do país ao efetuar compras virtuais. O motivo é que o Estado está entre os que menos sofre tentativas de fraudes virtuais. São registradas, em média, duas fraudes para cada 100 pedidos online feitos em território mineiro. A informação é da ClearSale, empresa de autenticação de compras virtuais especializada na prevenção de fraudes no e-commerce.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo