Category: Internet

Confira os destaques de assessoria de imprensa do 1º bimestre de 2018

O ano começou com grandes resultados de assessoria de imprensa para os clientes da casa. A Associação Brasileira da Indústria Óptica, a Abióptica, falou à Folha de S. Paulo e ao Valor Econômico sobre a retomada no crescimento do setor.

O presidente da Finnet, Yoshimiti Matsusaki, conversou com a Revista Exame sobre o surgimento de novas criptomoedas e consolidação deste mercado. A reportagem foi destaque de capa do veículo.

A customização da publicidade em vídeo de acordo com o perfil de consumo do público a ser atingido foi o tema abordado pela Época Negócios no bate-papo com David Reck, CEO da Reamp.

A Dra. Carla Sarni, CEO da Sorridents Clínicas Odontológicas, contou sua história de empreendedorismo à IstoÉ e sugeriu os #caminhospara2018, na campanha homônima que a Tv Estadão está fazendo com foco na recostrução político-econômica do Brasil.

O leilão do último trecho do Rodoanel foi comentado pelo escritório Miguel Neto Advogados para a Agência Estado e para a Reuters.

A Softline participou do especial de cloud computing do Valor Econômico.

Os advogados do L.O. Baptista falaram à IstoÉ e Folha de S. Paulo sobre obras públicas e sobre leis do trabalho.

Rafael Kiso, fundador da mLabs, comentou para a Exame PME a chegada do Whatsapp for Business.

Por fim, Unicoba foi destaque de meia página em matéria institucional no Valor Econômico.

 

Dobradinha: Infomoney divulga lançamento de carteira virtual da DINAMO Networks e Aloísio Matos comenta sobre este tipo de tecnologia

A Infomoney divulgou o lançamento da DINAMO Pocket, a carteira virtual desenvolvida com a tecnologia Blockchain da DINAMO Networks. A matéria discorre sobre a importância do produto para o mercado financeiro, principalmente para investidores e empresas que trabalham com criptomoedas como o Bitcoin e o Etherium.

Aloísio Matos, sócio fundador do escritório A. Matos Advogados, comenta sobre a segurança que o investidor passa a ter quando faz a custódia do próprio ativo e utiliza recursos de tecnologia Blockchain para gerir suas criptomoedas.

Confira a matéria completa neste link.

Screenshot (1)

facebook

Stories, Lives e Instant Articles: como o Facebook está protagonizando mudanças na comunicação?

O surgimento do Snapchat em 2011 mudou muita coisa na comunicação. A ideia inicial do app era de que as mensagens de texto, imagem ou vídeos de até 10 segundos só poderiam ser visualizados uma vez e depois eram deletadas da caixa de entrada e dos servidores. Posteriormente, a rede criou a função “Minha história”, em que os usuários poderiam manter imagens e vídeos visíveis para todos os seus seguidores pelo prazo de 24 horas. Neste período é possível ver e rever quantas vezes quiser cada uma das histórias.

Read More
crise-de-imagem

4 passos importantes para gerir uma crise de imagem

Todo negócio está sujeito a crises. Há, porém, situações que a empresa consegue prever e, desta forma, trabalhar para evitar a crise. Em outros casos, a crise é reação de um cenário imprevisto. Para evitar danos a imagem da organização, é necessário que os principais porta-vozes e a equipe responsável pela comunicação da marca sejam ágeis e acessíveis para a imprensa.

Confira abaixo os principais passos para uma gestão eficiente de crise de imagem.

Read More
web

Como a internet mudou o jornalismo?

A internet mudou a forma de trabalhar para muitas profissões. O jornalismo é, certamente, uma das mais afetadas pelas novas tecnologias. Publicações impressas disputam audiência com veículos digitais e produtores independentes. E todos entraram na dança do maior duopólio que há no mundo digital — Google e Facebook. O texto corrido dá lugar à repetição de palavras-chave do SEO. Isso quando não é substituído por imagens, gifs ou vídeos. Na era digital, o trabalho jornalístico se tornou muito mais que simplesmente informar o leitor: é preciso engajá-lo, torná-lo parte do processo de comunicação.

Tais mudanças afetaram a forma que jornalistas e assessores de imprensa pensam em pautas, se relacionam, fazem pesquisas, encontram personagens para ilustrar seus artigos e trocam informação durante o processo de produção de conteúdo. Confira abaixo as principais mudanças que o jornalismo sofreu com os avanços da tecnologia.

Read More
poder-da-influencia

O poder da influência

O primeiro episódio da terceira temporada de Black Mirror, série original da Netflix, mostra uma sociedade cuja moeda corrente é a influência digital. A trama apresenta a vida de uma moça com pontuação de 4,2 estrelas que se desespera para alcançar um score melhor ao receber o convite de casamento de uma amiga com 4,9 estrelas. Parece absurdo, mas não é.

Com a popularização da internet todos nós passamos a ser produtores e disseminadores de conteúdo. Essa produção intelectual virou negócio. Fóruns no mIRC deram lugar a plataformas de troca de arquivos, salas de bate-papo foram substituídas por redes sociais, youtubers conquistam audiências que fariam inveja a emissoras de tevê, blogueiros são integrados a grandes portais de notícias, tuiteiros viram marketeiros de políticos e grandes empresas, instagramers tornam-se celebridades. A transformação acontece à medida que essas pessoas, que até então cidadãos comuns, alcançam cada vez mais audiência e passam a ser formadores de opinião.

Read More

Tributarie, empresa do Grupo Brugnara, tem aumento de 700% no tráfego do site após divulgação no Portal Exame

A Tributarie, franquia de gestão fiscal do Grupo Brugnara, registra aumento de 700% em tráfego em seu site após divulgação em matéria no Portal Exame. A reportagem, que leva o título “20 opções de franquias para quem pode investir até R$ 20 mil”, fala sobre os pontos principais do novo modelo de negócios da Tributarie, o e-Tax.

Confira abaixo os gráficos extraídos do Google Analyitcs sobre o aumento de tráfego no site da Tributarie após a divulgação da matéria em no último dia 17.

tributarie-brugnara

CGI na matéria de capa da revista Brasil Energia

Internet das Coisas é o tema da matéria que contou com entrevista de Marco Afonso, diretor de consultoria em utilities da CGI

A matéria de capa da revista Brasil Energia do mês de abril teve como tema a digitalização dos serviços de energia – da distribuição à medição de consumo. O tema – a Internet das Coisas – já muito difundido no setor industrial, leva em consideração a modernização de estruturas, instalações, relações de consumo e manutenção de instalações elétricas, além de discutir tendências do setor para os próximos anos.
Marco Afonso, diretor de consultoria em utilities da canadense CGI falou à revista sobre a necessidade de investimentos em modernização das redes de energia elétrica no Brasil e demonstra otimismo ao prever que o volume de investimentos no setor tende a crescer nos próximos anos de acordo com as demandas do setor industrial.
Afonso também comentou sobre o consumo residencial de energia elétrica. Ele considerou que a tendência é ampliar o número de dispositivos inteligentes que medem e otimizam por si próprios o consumo de energia.
Confira abaixo a matéria na íntegra.

Revista Brasil Energia_impressa_Capa_MarcoAfonso_AbrilRevista Brasil Energia_impressa_16_17_MarcoAfonso_AbrilRevista Brasil Energia_impressa_18_19_MarcoAfonso_AbrilRevista Brasil Energia_impressa_20_MarcoAfonso_Abril

Computer World destaca parceria entre Finnet e Tableau Software

Finnet firma acordo para a venda de treinamentos e licenças da Tableau

Por Sidney Junior

A Finnet, especializada em soluções de TI para fluxo de dados financeiros, firmou acordo para a venda de licenças e treinamentos no Brasil do sistema da Tableau Software, empresa de tecnologia com foco em análise de dados. O objetivo da Finnet é ampliar seus serviços de Business Intelligence (BI) e oferecer ao mercado uma ferramenta de aplicação e uso facilitados.

Segundo a gerente comercial da Finnet, Danielle Raposo, uma das características importantes da ferramenta é conseguir mostrar claramente as informações estratégicas de uma empresa sem demandar participação expressiva de um profissional. “Para um executivo que precisa controlar melhor as informações geradas em determinado departamento, o uso do sistema Tableau é vantajoso porque a tabulação é feita de maneira simplificada e didática, otimizando processos e tornando mais ágil a tarefa de entender dados para melhor orientar os planos do negócio”, explica.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Portal Exame.com indica em matéria a Casa do Construtor como opção de investimento em franquia

Veja quais são as 20 franquias mais caras do Brasil

Por Mariana Fonseca

Casa do Construtor – R$ 555 mil

A Casa do Construtor é uma franqueadora especializada na locação de equipamentos para construção civil. Fundada em 1993, a rede atua no franchising desde 1998. O faturamento médio mensal de uma unidade franqueada é de 90 mil reais.

Investimento inicial: 555 mil reais
Prazo de retorno: 36 meses

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.