Category: PPP

Patricia Peck, do PPP Advogados, dá entrevista ao Jornal Nacional nesta terça-feira (02/04)

Patricia Peck, sócia do PPP Advogados e especialista em direito digital, fala nesta terça-feira, 02 de abril, ao Jornal Nacional. O tema da entrevista à repórter Graziela Azevedo é a entrada em vigor da lei 12.737/12, mais conhecida como ‘Lei Carolina Dieckmann’, a primeira a abranger o universo dos crimes digitais.

Acompanhem a matéria a partir das 20h30 na Rede Globo.

Daniel Pereira, da GVP, e Patricia Peck Pinheiro, do PPP Advogados, participam de matéria sobre BYOD na revista Exame PME

Conexão permanente

Por Bruno Vieira Feijó

É bem provável que você, empreendedor, depare com maior frequência com a sigla BYOD, que resume a frase em inglês “Bring your own device” (“Traga seus próprios aparelhos”). A sigla vem sendo usada em todo o mundo nos últimos dois a nos para definir uma nova tendência – um número cada vez maior de empresas está permitindo que os funcionários tragam seus smartphones, tablets, ultrabooks e laptops para o escritório e os usem para as atividades do trabalho.

Um cuidado especial é transformar todas as regras em cláusulas e pedir aos funcionários que assinem os novos termos. “É importante ressaltar no contrato que a responsabilidade pelos dados armazenados é do dono do aparelho e que os acessos aos aplicativos não necessariamente significa sobreaviso ou hora extra de trabalho”, diz Patricia Peck, advogada especialista em direito digital.

Já no mercado de softwares de gerenciamento de aparelhos móveis acessíveis a pequenas e médias empresas. Batizados de MDM (sigla em inglês para mobile device management, ou “gerenciamento de aparelhos móveis”), esses sistemas permitem determinar níveis de acesso remoto de acordo com a posição ocupada pelo funcionário na empresa. “O administrador da rede pode liberar ou não o acesso a determinados arquivos, dividindo as autorizações por grupos de profissionais e tipos de aparelho”, diz Daniel Pereira, da GVP, especializada em gerenciamento de mobilidade.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Patricia Peck Pinheiro, do PPP Advogados, assina artigo sobre marketing digital na Revista da ESPM

Os impactos legais do marketing na web

Marketing digital não deve ser de modo algum entendido ou praticado como uma invasão de privacidade. Estamos vivenciando um novo contrato social, em que o indivíduo barganha a sua informação em troca de algum benefício. No entanto, isso não pode representar um cheque em branco, visto que, quando não fica transparente a questão da privacidade e do limite de uso dos dados, e há incidente ou ruído na web, quem sai perdendo é a marca.

Para ler o artigo na íntegra, clique na imagem abaixo

Patricia Peck Pinheiro, referência em Direito Digital, fala sobre ética e segurança na internet em reportagem de capa do caderno Informática no jornal Estado de Minas (MG)

Liberdade Perigosa

Por Shirley Pacelli

Diego Felipe dos Santos tem 10 anos, uma conta no Facebook há dois e acabou de vender o smartphone para comprar um tablet. O garoto é aluno do 2° ciclo da Escola Municipal Israel Pinheiro (Emip), situada do Bairro Alto Vera Cruz, Região Leste de Belo Horizonte. Uma vez por semana, ele tem aula no laboratório de informática, onde é proibido o acesso ao You Tube, chats, jogos de tiro e luta, além de divulgar dados pessoais na rede. As regras estão em um cartaz, mas o sistema da escola não tem softwares que restrinjam o acesso a esses sites. Em casa, Diego entra na internet pelo modem 3G. A mãe não tem acesso à sua conta na rede social, mesmo porque não gosta do site, mas costuma bisbilhotar a atividade do filho em frente ao PC.

Má educação virtual

Em suas andanças por escolas dando palestras, Patricia Peck Pinheiro, advogada especialista em direito digital e fundadora do Movimento Família Mais Segura na Internet, já ouviu muitos casos intrigantes. Certa vez, adolescentes contaram que há pessoas que instalam remotamente um software que liga a webcam de um computador sem o dono perceber. Outro dia, uma garotinha de oito anos ficou surpresa ao descobrir que é proibido por lei baixar músicas e filmes, gratuitamente, protegidos por direitos autorais.

Para ler a reportagem na íntegra, clique na imagem abaixo

Patricia Peck Pinheiro, referência em Direito Digital, orienta sobre como fazer promoções pela internet em nota destaque da revista Exame PME

Liquidação sem risco

Donos de lojas online precisam tomar alguns cuidados antes de fazer promoções e liquidações. “Nos últimos anos, vem crescendo o número de consumidores que entram na Justiça para reclamar de problemas nas compras feitas em sites de comércio eletrônico”, diz a advogada Patricia Peck Pinheiro, especialista em direito digital. “É preciso tomar alguns cuidados para evitar situações que possam levar a empresa a ser processada.”

Para ler a nota na íntegra, clique na imagem abaixo

Patricia Peck Pinheiro, do PPP Advogados, fala sobre o ‘Movimento Família Mais Segura na Internet’ ao jornal Brasil Econômico

Educação básica ainda requer mais atenção

Por Cláudia Bredariolli

Levantamento recente realizado pelo Movimento Família Mais Segura na Internet (ação de responsabilidade social digital idealizado pela advogada Patricia Peck Pinheiro) aponta que, em um universo de 1 mil escolas brasileiras, apenas 13% orientam crianças e adolescentes para a educação digital.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo

Victor Haikal, do PPP Advogados, fala sobre marco civil da internet ao jornal Brasil Econômico

Velocidade é o ponto mais sensível

Por Gabriel Ferreira

Ponto mais polêmico do projeto de lei que determinará o Marco Civil da Internet, a neutralidade da rede mistura interesses de diversos segmentos. De um lado, as operadoras de telefonia veem na questão um possível entrave para criação de novos modelos de negócio. Geradores de conteúdo, por outro, anseiam pela possibilidade de os usuários conseguirem navegar mais rápido em suas páginas. No meio de tudo isso, o governo tenta encontrar uma fórmula que não cause grandes abalos a nenhum setor e, de quebra, atenda aos interesses da população. “Não é o assunto que mais impacta na vida da sociedade, mas, por envolver aspectos econômicos, é o que gera mais polêmica”, afirma Victor Haikal, sócio do escritório de advocacia Patricia Peck Pinheiro, especializado em Direito Digital.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo

Jornal da CBN entrevista Patricia Peck Pinheiro, do PPP Advogados, sobre educação digital no Brasil

Questões de segurança na internet ainda são pouco discutidas com as crianças

 

Patricia Peck Pinheiro, especialista em Direito Digital e fundadora do PPP Advogados, falou ao vivo na quinta-feira, 11/10, ao Jornal da CBN, apresentado por Milton Jung. O tema da entrevista foi o panorama da educação digital no Brasil.

Para ouvir a entrevista na íntegra, clique no player abaixo

Patricia Peck Pinheiro, do PPP Advogados, fala ao jornal DCI sobre contratos e políticas nas redes sociais

Empresas alteram contratos e políticas para redes sociais

Por Andréia Henriques 

As empresas que têm interesse em saber mais sobre os hábitos, costumes e projetos de seus consumidores finais já têm estabelecido, seja nas políticas de privacidade quando o cliente se cadastra em seu site ou nos contratos, a possibilidade de ter acesso e fazer uso das informações que o próprio usuário publica nas redes sociais. A prática, que serve para  melhorar o relacionamento e para atrair novas possibilidades de negócios, é usada no setor bancário, de higiene e belezam e na indústria de alimentos, com foco nos segmentos de lácteos, chocolates, biscoitos, balas, bebidas e refrigerantes.

A informação é da advogada Patricia Peck Pinheiro, especialista em direito digital. “É como se a empresa pudesse garimpar ou obter mais informações que são públicas. Quase todas as linhas de produtos que tem como consumidor final a geração Y, mais tecnológica, estão fazendo isso”, afirma Patricia, do PPP Advogados.

Para ler a reportagem na íntegra, clique na imagem abaixo 

Dra. Patricia Peck Pinheiro, do PPP Advogados, assina artigo na revista GV Executivo sobre segurança na era digital

Segurança da informação na era digital

Por Patrícia Peck Pinheiro

Sociedade do Conhecimento possui três grandes insumos principais: energia, telecomunicação e tecnologia. Os negócios que mais geram retorno para os acionistas estão diretamente relacionados à entrega desses recursos essenciais, ou seja, um novo modelo de riqueza baseado na geração, no uso e na retenção de informação.

Para ler o artigo na íntegra, clique na imagem abaixo

 

 

Bom Dia MS entrevista Dra. Patricia Peck, do PPP Advogados, sobre segurança digital

Especialista em direito digital fala sobre fraudes virtuais

O Bom Dia MS relata quais são os meios usados pelos correntistas para efetuarem operações financeiras durante a paralisação dos bancários. A própria Federação de Brasileira de Bancos (Febraban) orientou a população a usar os serviços de internet.

Um estudo realizado por uma empresa internacional de antivírus em 24 países, incluindo o Brasil, revelou que 2 em cada 3 entrevistados já foram vítimas de fraudes virtuais. Para evitá-las, a advogada Patricia Peck dá dicas de como usar a internet com segurança.

Para ver a entrevista na íntegra, clique no link abaixo

http://g1.globo.com/videos/mato-grosso-do-sul/bom-dia-ms/t/edicoes/v/especialista-em-direito-digital-fala-sobre-fraudes-virtuais/2150522/

 

Profissional do PPP Advogados fala ao Jornal das Dez, da Globo News, sobre responsabilidade dos provedores por conteúdos de seus sites

Diretor geral do Google no Brasil é autuado pela PF em São Paulo

O diretor geral do Google no Brasil, Fábio Jóse da Silva Coelho, foi autuado pela Polícia Federal em São Paulo. A empresa não cumpriu uma ordem judícial que determina a retirada de vídeos do Youtube com acusações a um candidato à prefeitura de Campo Grande (MS).

Dra. Giselle Arantes, especialista em direito digital do PPP Advogados, falou ao Jornal das Dez, da Globo News, sobre  responsabilidade dos provedores e leis digitais.

Para ver a entrevista na íntegra, clique no link abaixo

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-das-dez/videos/t/todos-os-videos/v/diretor-geral-do-google-no-brasil-e-autuado-pela-pf-em-sao-paulo/2159405/

 

 

Programa Bom Dia Goiás, da TV Globo, entrevista Dra. Patricia Peck, do PPP Advogados, sobre segurança digital

Um estudo feito recentemente revela que 35% das empresas brasileiras recebem até 50 ataques de vírus por semana. E o número de empresas no País que perderam dados importantes, inclusive informações sigilosas, por conta de crimes virtuais é ainda maior, chegando a 64%.

A especialista em segurança digital, Dra. Patricia Peck Pinheiro, que está no estado de Goiás para uma palestra sobre o assunto, dá dicas de segurança aos usuários.

Para ver a matéria na íntegra, clique no link abaixo