Tag: tecnologia

Pesquisa sobre tendências e apostas em mídias sociais 2020 da mLabs é destaque no Meio & Mensagem

O ano começou e já temos novidades! A pesquisa realizada pela mLabs, cliente da Ideias & Efeito, foi destaque na home de um dos veículos mais relevantes do universo do marketing e publicidade do país – o Meio & Mensagem. O levantamento trouxe vários insights interessantes para quem deseja ser mais efetivo no ambiente digital.

Confira a matéria na íntegra: https://www.meioemensagem.com.br/home/marketing/2020/01/15/estudo-revela-apostas-para-o-marketing-digital-em-2020.html

Grupo Imagem e CrediGO na revista IstoÉ Dinheiro

A mais recente edição da revista IstoÉ Dinheiro trouxe dois clientes Ideias & Efeito na seção Moeda Forte. A publicação deu destaque à expansão do Grupo Imagem, que em breve deve instalar sua estrutura no Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP). Já a startup CrediGO ganhou espaço na coluna por ter sido convidada pela aceleradora Y Conbinator para ir à China apresentar seu modelo de negócios a um grupo de investidores.

 

Especialista da Imagem participa do programa Bem da Terra, do Canal Terraviva

Marlon Suenari, especialista em agronegócio da Imagem, concedeu entrevista ao programa Bem da Terra, do Canal Terraviva, sobre como os Sistemas de Informações Geográficas ajudam empresas do setor sucroenergético na gestão de processos.

Durante o bate-papo com a apresentadora Renata Maron, o porta-voz da distribuidora oficial no Brasil do sistema GIS mais utilizado no mundo, o ArcGIS, deu exemplos da aplicação da tecnologia e comentou os principais ganhos que as empresas têm com o investimento na plataforma.

Confira: https://tvterraviva.band.uol.com.br/videos/16709475/tecnologia-ajuda-empresas-do-setor-sucroenergetico-na-gestao-de-processos

 

Imagem no jornal O Globo

Por meio do trabalho de assessoria de imprensa, a Ideias & Efeito gerou visibilidade para a tecnologia ArcGIS, distribuída oficialmente no Brasil pela Imagem, no jornal O Globo.

A empresa foi a responsável pela implementação do Sistema de Informações Geográficas na cidade de Niterói e que está impulsionando o município a se tornar uma smart city referência no Brasil.

A matéria no jornal O Globo mencionou o sistema ArcGIS e contou com entrevista do porta-voz da Imagem, Pedro Coura, gerente regional da empresa.

Confirma o resultado:

 

Moedas virtuais facilitam a fiscalização, segundo especialistas

O Jornal Correio Braziliense trouxe na publicação do dia 03 de março uma matéria muito relevante para o segmento que cuida das questões de segurança de identidade digital. Segundo apuração do veículo, as transações comerciais com o papel-moeda são um desafio para as entidades reguladoras e uma forma de previnir práticas indevidas, seria optar pelo caminho tecnológico.

A matéria ainda abordou mais detalhadamente sobre blockchain e teve a participação especial de dois clientes da Ideias & Efeito: Yoshimiti Matsusaki, CEO da FINNET, que falou sobre segurança do blockchain e Marco Zanini, da DINAMO Networks, que comentou sobre moedas virtuais vs. dinheiro. Além disso, Zanini ressaltou como tem atuado em diversos projetos de segurança digital no País, auxiliando instituições como Banco Central e Receita Federal.

Confira mais: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2019/03/03/internas_economia,740889/segundo-especialistas-moedas-virtuais-facilitam-a-fiscalizacao.shtml

Reamp é destaque na ProXXIma em matéria sobre o lançamento do Protect Yourself

Por conta dos inúmeros casos de invasão de dados e vazamentos de informação, a Reamp, empresa especializada em consultoria e gestão de soluções e auditoria de mídia digital, em parceria com a 3D Factory, lançou a campanha “Protect Yourself”.

A ação distribuiu 1.000 covercams a clientes, parceiros, fornecedores e veículos de mídia, e contou também com a criação de uma landing page onde é possível solicitar uma covercams e saber mais sobre a invasão de dispositivo e roubo de informações.

Leia a matéria completa neste link.

04.09.17_MeioeMensagem_Protect Yourself

Expansão da multinacional canadense CGI é destaque no jornal Valor Econômico

CGI vê oportunidade de expansão no país na microgeração e em solar

Por Rodrigo Polito

O grupo canadense de serviços de tecnologia de informação CGI está de olho em dois movimentos do setor elétrico brasileiro: a expansão do mercado livre e o crescimento da microgeração distribuída a partir de painéis fotovoltaicos instalados em residências. Segundo a empresa, que tem faturamento anual global de US$ 10,3 bilhões de dólares canadenses (cerca de R$ 30,5 bilhões) e encomendas mundiais de 20 bilhões de dólares canadenses (R$ 56 bilhões), os dois movimentos vão exigir investimentos em sistemas de processamentos de dados, uma das principais áreas de atuação da companhia.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

CGI Valor Econômico

 

 

Jornal DCI destaca 10 anos da Finnet e lançamento de nova versão da ferramenta Gestor Bancário

Gestor Bancário

A Finnet, empresa brasileira de TI voltada ao mercado financeiro, completa 10 anos este mês e aproveita a data para apresentar às empresas a nova versão do Gestor Bancário, criado para a administração do fluxo financeiro e que contou com investimento de mais de R$ 1 milhão. Entre outras aplicações, a ferramenta autoriza remotamente os pagamentos.

Para ler a nota na íntegra, clique na imagem abaixo

Notebook Avell é tema de matéria com destaque na capa da revista PC & Cia

Notebook Premium: Avell Titanium G1511

Ronnie Arata

A Avell, fundada em 2004, é um empresa especializada em apenas um tipo de produto: notebooks de alto desempenho. O principal diferencial dos produtos dessa empresa perante as demais opções do mercado é a sua inigualável capacidade de personalização.

Ao contrário dos demais fabricantes, que oferecem linha “rígidas” de produtos com ínfima capacidade de personalização (no máximo: quantidade de memória e tamanho do HD), a Avell não limita os desejos dos seus compradores.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Especial Gestão Financeira, do Valor Econômico, destaca ferramentas desenvolvidas pela Finnet para o setor

Ferramentas que destravam o gerenciamento financeiro

Por Jacilio Saraiva

Os novos softwares que ajudam os chief financial officers (CFOs) no dia a dia de trabalho estão enterrando funções obsoletas que travavam a gestão financeira. O objetivo dos fabricantes do setor de tecnologia de informação (TI) é ajudar os executivos a tomar decisões estratégicas com mais velocidade e com melhor direcionamento de recursos.

Há medidas de planejamento, simulação de cenários econômicos e até de localização de clientes inadimplentes. Alguns sistemas facilitam as tarefas dos líderes por meio de dispositivos móveis e portais disponíveis na internet. “Com a globalização dos negócios, é necessário utilizar aplicações na web que garantam o acesso aos dados da empresa, independentemente do local ou do horário de trabalho”, diz Carlos Eduardo Stefanini Cervelatti, diretor comercial da Finnet, especializada em TI.

Com suas soluções, a Finnet conquistou clientes como Samsung, Rossi Residencial e a Imobiliária Lopes. “Uma de nossas ferramentas opera em formato de portal online com gráficos de movimentações e controle de contas de diferentes bancos, o que facilita o acesso remoto dos executivos”, ressalta Cervelatti.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Possível lançamento de celular pelo Facebook é tema de entrevista de Paulo Schiavon, da Enken, ao jornal O Globo

Facebook deve lançar hoje seu celular com sistema Android

Por Rennan Setti

O Facebook dará hoje um passo importante para aprofundar suas raízes no terreno da mobilidade. A rede social prometeu revelar “sua nova casa no Android”, expressão que apenas sugere o real produto:  um aparelho celular com sistema operacional Android modificado, que terá a rede social como estrela. Ou seja, uma espécie de “telefone do Facebook”.

Estratégia para fortalecer a marca
O anúncio acontece justamente no momento em que a empresa tenta provar que é capaz de gerar receita publicitária em celulares, onde as dimensões reduzidas dificultam a veiculação de anúncios. Para Paulo Schiavon, diretor da agência de publicidade digital Enken, um celular centrado no Facebook não representaria incremento na faturamento com anúncios móveis.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Notebook da Avell ganha destaque na coluna Vitrine da Revista dos APPS

Notebook Poderoso

O novo notebook FullRange G1742, da Avell, merece destaque. Conta com duas placas de vídeo AMD Radeon HD 7970M com 2GB de RAM cada. Além disso, é equipado com processador Intel Core i5 de 2,5GHz, 8 GB de memória RAM e 750 GB de HD. É para quem quer uma máquina com vídeo potente.

Para ler a nota na íntegra, clique na imagem abaixo

Valter Pieracciani, da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, fala sobre metodologias de inovação ao jornal Valor Econômico

Metodologias levam em conta inteligência coletiva

Por Martha Funke

Os nomes variam. Mas as metodologias mais utilizadas hoje para gerar — e gerir — a inovação levam em conta, acima de tudo, a inteligência coletiva. O resultado é que está mais fácil encontrar boas ideias e o desafio passou a ser filtrá-las e selecionar aquelas que chegarão aos clientes.

Crowdsourcing e open innovation estão entre os modelos mais modernos na busca da inovação. Parecidos, buscam insights junto aos diferentes agentes da organização, desde pesquisadores e cientistas até parceiros, clientes, entusiastas e anônimos em geral.

Segundo o especialista Valter Pieracciani, da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas e cujos cursos já formaram 115 black belts em inovação (profissionais especialmente treinados para aplicação das metodologias) no país, o design thinking tira proveito de percepções extraídas de grupos de intérpretes compostos por representantes de diversos públicos, como formadores de opinião, consumidores ou funcionários. “Estamos montando um black belt no Brasil com foco em alimentação”, adianta.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Daniel Pereira, da GVP, e Patricia Peck Pinheiro, do PPP Advogados, participam de matéria sobre BYOD na revista Exame PME

Conexão permanente

Por Bruno Vieira Feijó

É bem provável que você, empreendedor, depare com maior frequência com a sigla BYOD, que resume a frase em inglês “Bring your own device” (“Traga seus próprios aparelhos”). A sigla vem sendo usada em todo o mundo nos últimos dois a nos para definir uma nova tendência – um número cada vez maior de empresas está permitindo que os funcionários tragam seus smartphones, tablets, ultrabooks e laptops para o escritório e os usem para as atividades do trabalho.

Um cuidado especial é transformar todas as regras em cláusulas e pedir aos funcionários que assinem os novos termos. “É importante ressaltar no contrato que a responsabilidade pelos dados armazenados é do dono do aparelho e que os acessos aos aplicativos não necessariamente significa sobreaviso ou hora extra de trabalho”, diz Patricia Peck, advogada especialista em direito digital.

Já no mercado de softwares de gerenciamento de aparelhos móveis acessíveis a pequenas e médias empresas. Batizados de MDM (sigla em inglês para mobile device management, ou “gerenciamento de aparelhos móveis”), esses sistemas permitem determinar níveis de acesso remoto de acordo com a posição ocupada pelo funcionário na empresa. “O administrador da rede pode liberar ou não o acesso a determinados arquivos, dividindo as autorizações por grupos de profissionais e tipos de aparelho”, diz Daniel Pereira, da GVP, especializada em gerenciamento de mobilidade.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo