Saúde Bucal | Assessoria de Imprensa

Tag: saúde bucal

Sorridents ganha destaque na coluna Mercado Aberto, do jornal Folha de S. Paulo

Quer pagar até quando?

Para reverter a fuga do consumidor da classe C, empresas criaram meios de aliviar o pagamento. A rede de clínicas odontológicas Sorridents criou um cartão de crédito próprio, em parceria com o banco Sorocred, e aumentou as parcelas de 14 para 18. A medida foi reação à queda no gasto médio de R$ 850 para R$ 650. “Assim, o cliente pode dividir o pagamento entre o cartão que já tinha e o nosso e não estoura o seu limite”, diz Carla Renata Sarni, presidente da marca.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Folha de S. Paulo impresso - 11.03.2016

 

 

Dr. Ricardo Ladorucki, da Sorriso Digital, fala sobre escovação ao Portal Terra

Técnica do vai e vem é a melhor forma de escovar os dentes

A escova precisa ficar em um ângulo de 45 graus em relação aos dentes, e o processo deve durar, no mínimo, um minuto

Quando o assunto é a forma ideal de se escovar os dentes, muitas dúvidas aparecem. Movimentos circulares, vai-e-vem, para cima e para baixo. Afinal, qual é o jeito certo de fazer a higienização dental? Segundo o dentista Ricardo Ladorucki, o movimento adequado é: “o vai-e-vem com as cerdas fazendo um ângulo de 45 graus em relação a superfície do dente”.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Sorriso digital pro blog

Franqueados da Sorridents e do Grupo Container participam de matéria sobre empreendedorismo no jornal O Estado de S.Paulo

Empresário após os 50, uma aposta equilibrada

Por Cris Olivette

A longevidade da população vem fazendo com que pessoas acima de 50 anos tenham energia suficiente para começar a empreender. Aos 59 anos, o franqueado  Luiz Antonio Machado, da rede Sorridentes, engrossa essa tendência. Ele iniciou o negócio há cinco anos, pouco antes de se aposentar.

Já o franqueado Antonio Guinomar Ferreira Barbosa, do grupo Container,  que trabalhava com revenda de pneus, resolveu mudar de ramo de atividade perto de completar 60 anos.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

 

Carla Moruzzi, dentista da Sorridents, fala à revista Plástica e Beleza sobre como agir quando o dente quebra

Xi, o dente quebrou!

Por Malu Bonetto

Você sabe o que deve ser feito se isso acontecer com você? A dentista Carla Moruzzi, da Sorridents (SP), explica algumas situações:

  • Se houver sangramento: coloque gelo por dois minutos, deixe a região descansar por cinco minutos durante a primeira hora. O gelo ajuda a controlar o inchaço do trauma e o sangramento. Caso não haja gelo, opte por morder um pano limpo ou uma gaze para estancar o sangue através da compressão.

Para ver as dicas na íntegra, clique na imagem abaixo

Odontopediatra da Sorridents fala à revista Pais & Filhos sobre saúde bucal

Dentes Lindos

Por Nivia de Souza

A saúde começa pela boca. A frase é antiga e foi repetida da sua avó para a sua mãe, da sua mãe para você e, agora, chegou a sua vez. É hora de transmitir a mensagem com conviccção, sem achar que é conversa de antigamente. Antes de tudo, lembre-se que muito do educar é dar exemplo, ou seja,  para que seu filho tenha uma boa saúde bucal, ajuda bastante que você tenha também. Todos os dentistas insistem na importância de escovar os dentes na frente da criançada. Nossos filhos gostam de nos imitar, é fato. Então, vamos nessa!

Se o bebê está mais manhoso do que  de costume, pode ser por conta do crescimento dos dentes. As famosas coceiras variam de criança para criança. “Depende de força do dente” explica  a odontopediatra Melissa Maeda, da Sorridents. Para alívio da coceira, o indicado é usar os famosos mordedores emborrachados.

Para ler a reportagem na íntegra, clique na imagem abaixo

 

Folha Universal traz matéria sobre escovas de dentes com entrevista de Claudia Sanchez, odontologista da Sorridents

Limpeza dental

A preocupação em manter a saúde da boca em dia é antiga. O primeiro registro que se tem de um protótipo de escova tem 3 mil anos. Um objeto feito de ramos com pontas desfiadas era usado no Egito Antigo. Na china, em 1498, pelos de animais eram amarrados em pedaços de ossos, objetos semelhantes aos encontrados na Europa há 300 anos. “Mas, estes modelos causavam problemas porque os pelos de animais mofavam e expunham as pessoas a fungos e bactérias, além de machucar as gengivas”, explica a odontologista Claudia Sanchez, da Sorridents.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Carla Renata Sarni, presidente da Sorridents, conta trajetória de sucesso à TV Estadão

Queremos ter 300 clínicas abertas até 2013, diz Carla Sarni, da Sorridents

Fundadora da maior rede de clínicas odontológicas da América Latina planeja expansão da marca e prepara a abertura de unidades em Portugal e Angola.

Por Letícia Bragaglia

À frente Sorridents, a maior rede de clínicas odontológicas da América Latina, Carla Sarni trabalha até 16 horas por dia. Aos 37 anos, mãe de dois meninos, a empresária se orgulha de ter conquistado a liderança no setor sem perder o foco da marca, cujo diferencial, segundo ela, é atender o cliente da melhor forma possível. “Trato rico e pobre da mesma maneira. Nunca dei o cano em nenhum cliente, e sempre liguei para todos os pacientes no final do expediente, para saber como eles estavam”.

Para ver o vídeo da entrevista, clique na imagem abaixo

Parte 1

Parte 2