Tag: empreendedorismo

Graziela Moreno, CEO da ACAD, fala sobre retenção de talentos ao Portal Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Dia a Dia – Empreendedorismo

6 dicas para reter talentos na sua empresa

Por Talita Monico

A cada nova geração que aparece, as necessidades exigidas das empresas mudam. O ambiente de trabalho está cada vez mais diversificado e isso é essencial para manter os funcionários satisfeitos. “A motivação foi mudando ao longo das gerações, do crescimento demográfico e das megatendências”, explica Graziela Moreno, CEO da Academia de Estratégia (ACAD).

Para ler a notícia na íntegra, clique aqui.

 

 

Fundador da Avell, Emerson Lobão, fala sobre empreendedorismo para a Gazeta do Povo, do Paraná

Reinventar é essencial para sobreviver

POR Anna Paula Franco

O empresário Emerson Lobão começou com uma loja de equipamentos para informática, em 1997, em Joinville (SC). Hoje tem uma fabricante de notebooks de alto desempenho, com uma filial nos Estados Unidos. Registrou R$ 29 milhões de faturamento em 2013 e tem previsão para crescer 40% neste ano.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

avell

Carla Sarni, fundadora da rede Sorridents, fala sobre economia e empreendedorismo ao jornal O Estado de S.Paulo

Conselho de quem sabe o que fazer

Montar um negócio exige bastante empenho. Não é preciso ser gênio no assunto para entender isso, afinal, todo empreendedor sabe que essa é uma jornada cheia de desafios. E problemas. Muitas vezes, porém, o empresário simplesmente se esquece de levar em conta o atual cenário econômico.

Há quem destaque esse fator como um dos principais na hora de abrir um negócio. Para outros, ele não é tão  importante. É o caso de Pedro Herz, presidente do conselho administrativo da Livraria Cultura. Segundo ele, todo momento é momento para começar a empreender.

Mas afinal de contas, será que agora é um bom momento para empreender? Também fizemos essa pergunta a Carla Sarni, empresária que criou a rede de clínicas odontológicas Sorridents. Ao contrário do executivo da Livraria Cultura, ela está sim preocupada com o momento da economia.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Dra. Carla Sarni, da rede Sorridents, conta sua história de sucesso à revista InfoMoney

Sorrindo à toa

Por Karla Mamona

Não faltam motivos para a empresária por trás da marca Sorridents sorrir à toa. Há 17 anos, a Dra. Carla Renata Sarni comanda a maior rede de clínicas odontológicas do Brasil e a segunda maior empresa de odontologia em todo o mundo. Atualmente, são mais de 180 clínicas de tratamento dentário em 16 estados brasileiros e mais de 1 milhão de pessoas atendidas.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Jornal da Globo entrevista Valter Pieracciani, da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, sobre pacote de inovação anunciado pelo governo federal

Governo anuncia pacote para incentivar inovação em empresas

“Em alguns anos, três a cinco anos, nós teremos dois tipos de empresas, as inovadoras e as falidas. Não é possível competir sem inovação e, quanto antes os empresários souberem disso, melhor é”, diz Valter Pieracciani, consultor de empresas.

Em coro com os especialistas em competitividade, o governo quer incentivar o investimento em inovação. A presidente Dilma Rousseff anunciou a liberação de R$ 32,9 bilhões para projetos na indústria, agricultura e serviços.

Para ver a reportagem na íntegra, clique na imagem abaixo

TV Globo – Jornal da Globo

Valter Pieracciani, da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, fala ao jornal DCI sobre novo pacote de inovação anunciado pelo governo

Mercado elogia incentivos de R$ 32,9 bi na área de inovação

Por Maria Carolina del Ré

As empresas especializadas nas áreas de tecnologia e consultoria para a iniciativa privada estão animadas com o anúncio do governo, de R$ 32,9 bilhões em crédito para impulsionar, por meio da inovação tecnológica, a produtividade e a competitividade em diversos setores da economia.

Valter Pieracciani, sócio da consultoria especializada em inovação Pieracciani Desenvolvimento e Empresas, entende que o movimento do governo foi muito positivo, mas será necessário recuperar um atraso de quase três décadas.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

David Reck, diretor da Enken, fala sobre empreendedorismo digital no programa ‘Negócios Online’, da TV UOL

Entrevista

O apresentador José Paulo, no comando do programa “Negócios Online”, recebe o presidente da agência Enken, David Reck, para um bate-papo sobre empreendedorismo digital. O programa “Negócios Online” vai ao ar toda segunda-feira, ao vivo, a partir das 12h pela TV Geração Z – www.tvgeracaoz.com.br

Para ver a entrevista na íntegra, clique no link abaixo

TV Uol

Karin Campos, diretora da GVP IT Solutions, e Carla Renata Sarni, fundadora da Sorridents, são destaque em matéria de capa sobre mulheres empreendedoras do jornal O Estado de S. Paulo

Elas contam como viraram mulheres de negócios

Por Cris Olivette

A advogada Helena Toledo é empresária há apenas dois anos e conta que está adorando a nova condição. “É uma iniciativa bastante desafiadora e me sinto realizada”. A cada obstáculo superado, Helena se descobre uma pessoa empreendedora. “Tenho uma veia de marketing que eu desconhecia. Porém, para lidar com as finanças estou fazendo cursos no Sebrae”, revela.

Assim como Helena, em dez anos mais de 441 mil mulheres ingressaram no mundo dos negócios só no Estado de São Paulo. Estudo do Sebrae-SP aponta que nesse período a participação feminina cresceu 25%, o que demonstra que as mulheres têm muito o que comemorar no próximo 8 de março, Dia Internacional da Mulher. Agora, elas são mais de 1,43 milhão.

Na visão da diretora de gestão de pessoas da GVP IT Solutions, empresa especializada em tecnologia e inovação para gerenciamento empresarial, Karin Campos, não existe uma fórmula pronta para as mulheres serem empresárias de sucesso.

A dentista Carla Renata Sarni, fundadora da franqueadora Sorridents Clínicas Odontológicas, afirma que também conciliou muito bem a maternidade com os negócios. “Sou uma mulher muito prática. Nos dois partos que tive fiquei em  casa cerca de dez dias apenas. Claro que para continuar trabalhando precisei montar uma estrutura”.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Estadão faz matéria de página inteira sobre trajetória empreendedora da Dra. Carla Sarni, da rede Sorridents

” O sucesso está na atitude das pessoas”

Por Ligia Aguilhar

A cirurgiã-dentista Carla Sarni estava no meio de uma  maratona de 45 dias de viagens sem descanso – nem mesmo para ver os dois filhos – quando chegou à sede do Grupo Estado para participar do encontro promovido pelo Estadão PME com pequenas empresários.

Dona da maior rede de clínicas odontológicas da América Latina, a Sorridents, ela exibia uma disposição incansável, apesar das 17 horas diárias de trabalho dedicadas, justamente, ao sorriso alheio. “O sucesso está na atitude das pessoas”, afirma a empreendedora.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo

 

Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios destaca ClearSale em lista de 100 ideias para montar uma empresa de sucesso

Gestão de risco de fraudes em vendas

Em 2001, o estatístico Bernardo Lustosa, 35 anos, analisava um modelo matemático para avaliar o risco de fraude em pagamentos eletrônicos de uma grande rede de lojas de roupas quando conheceu Pedro Chiamulera, 46 anos, que vendia soluções de TI para varejistas.

A soma de interesses deu certo e eles viraram sócios na CLEARSALE, empresa paulistana especializada em analisar os dados de quem faz uma compra pela internet, para avaliar o risco de fraude na operação.

Para ler a notícia na íntegra, clique na imagem abaixo

Exame PME conta história de empreendedorismo dos master franqueados da Fitness Together no Brasil

A vez do Brasil

Por Bruno Vieira Feijó

O cearense Cassiano Ximenes, de 37 anos, esperou dois anos para poder abrir uma champanhe e comemorar a materialização de seu investimento mais recente – a conquista da representação, como master franqueado, da rede de academias americana Fitness Together. Esse foi o tempo que ele e os sócios – o empreendedor Newton Cavalieri e sua mulher, Renata – tiveram de esperar entre a apresentação do primeiro documento aos amercianos e a assinatura do contrato.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

 

Revista IstoÉ destaca a história de Carla Renata Sarni, proprietária da rede Sorridents, em matéria sobre o perfil da mulher empreendedora

Brasil,  o País da empreendedoras

Por João Loes

Elas compõem mais da metada da população nacional. São maioria nas faculdades, ocupam 42% das vagas de emprego do País e sustentam, sozinhas, 35% dos lares. Mas a brasileira quer mais, muito mais. E para isso tem enveredado por um caminho que, durante muito tempo, foi dominado pelos homens – o do empreendedorismo. Hoje, segundo dados da consultoria internacional Grant Thornton, a mulher brasileira é a que mais empreende no planeta. Depois de ouvir 11 mil empresas em 39 economias, o centro de pesquisas constatou que, no Brasil, a taxa de empreendedoras é de 12% contra uma média mundial de 4%. “A brasileira quer e pode mais”, diz Madeleine Blankestein, sócia-diretora do Internacional Business Center da Grant Thornton Brasil. “Com a economia aquecida, ela pode escolher como quer ganhar seu dinheiro”. E muitas escolhem abrir o próprio negócio, depois de refletir de maneira cuidadosa e calculada.

Em 1995, meses depois de se formar, a dentista e proprietária da rede Sorridents, Carla Renata Sarni, já tinha aberto o próprio negócio, de olho no atendimento de pacientes em larga escala. O que começou com uma sala de 21 metros quadrados na Vila Cisper, zona leste de São Paulo, virou um império com 161 franquias pelo País, uma sede com 83 funcionários e mais de 30 mil pacientes atendidos por mês. “Sempre fui vendedora, sei fazer isso muito bem e só consegui explorar essa habilidade plenamente depois de abrir meu negócio”, diz Carla.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Grupo UNS Brasil ganha as páginas da revista Comércio & Serviços com destaque para o crescimento da rede de escolas de idiomas

Marca registrada

Por Thiago Rufino

De acordo com a Lei 8.955/94, a franquia empresarial está definida como “o sistema pelo qual um franqueador cede ao franqueado o direito de uso de marca ou patente, associado ao direito de distribuição exclusiva ou semiexclusiva de produtos ou serviços”. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor segue em plena expansão no País, em 2001 havia 600 redes no Brasil, em 2010, o número saltou para 1855. No mesmo período, as unidades franqueadas também conseguiram um considerável avanço, de 51 mil para mais de 86 mil.

Hoje não há um perfil predominante entre os franqueados, são desde recém-formados, profissionais mais experientes em busca de outra fonte de renda, até aqueles que decidem investir no setor depois de ter trabalhado por vários anos em outras empresas. Felipe Pardo, jovem de apenas 20 anos que administra uma unidade da UNS Idiomas, em Osasco, se encaixa no primeiro grupo.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo.

 

Presidente da Sorridents, Carla Sarni, ganha as páginas do Jornal do Commercio Brasil e revela o segredo do sucesso da maior rede de franquias de clínicas odontológicas da América Latina

Lucros em forma de sorrisos

Por Viviane Faver

As franquias de serviços odontológicos estão se proliferando, afirmam especialistas. De acordo com o consultor Marcos Rocha, da Global Franchise Consulting, as grandes clínicas vem invadindo a odontologia agregando marketing e sistemas de gestão de negócios, já que a parte técnica os profissionais já possuem.

A Sorridents, uma das representantes deste mercado incipiente surgiu em 1995. À época universitária, a fundadora e presidente da empresa, Carla Renata Sarni, trabalhava em um consultório na Vila Cisper, na zona Leste de São Paulo, quando conseguiu ajuda da avó e da tia para comprar uma cadeira de dentista, equipamento fundamental para que ela tivesse seu próprio consultório.

Quando anunciou sua saída ao dono do consultório, ele propôs que ela comprasse o espaço. Carla reformou o prédio e foi agregando o que via nas clínicas dos bairros mais sofisticados. “Depois disso, os dentistas que trabalhavam comigo pediram para abrir clínicas no mesmo formato junto com eles e cheguei a 23 unidades próprias. Neste momento, em 2005,  trouxe meu marido para me ajudar a formatar o sistema de franquia. Hoje, somos a maior rede de clínicas da América Latina, com 120 unidades em funcionamento e 160 comercializadas”, afirma.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Ernesto Villela, diretor da Enox, é destaque no jornal O Estado de São Paulo em matéria sobre os finalistas do prêmio de empreendedorismo Ernst&Young

Eles deixaram suas carreiras para empreender

Por Naiana Oscar

O farmacêutico Ricardo Nantes ganhava R$ 4 mil para trabalhar meio período como funcionário público, Daniel Wjunisnki, administrador, teve a oportunidade de fazer carreira na Johnson & Johnson. Na Globo, maior emissora de TV do País, Alexandre Pi havia acabado de saber que seu salário ia aumentar. Ernesto Villela, formado pela FGV, avaliava uma lista de multinacionais onde poderia iniciar a carreira profissional. E, por fim, o publicitário Clair Bizzo estava desempregado.

Foi nesse momento, em períodos e cidades diferentes, que a história de empreendedorismo desses cinco brasileiros começou a se desenhar.

A Enox, de Ernesto Villela, surgiu numa mesa de bar, de um bate-papo entre amigos de infância. Eles desenvolvem ações publicitárias em ambientes fechados, com grande fluxo de pessoas. Com mais de 20 escritórios pelo País, a empresa faturou no ano passado R$ 20 milhões. “Meu perfil é de sola de sapato, saliva e massa cinzenta. Aproveitei esses ativos para investir num negócio próprio.” No fim do ano passado, a Enox agregou clientes como Petrobras e Pão de Açúcar ao Portfólio.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo: