Category: Sem categoria

Softline é opção de franquia àqueles que foram demitidos aos 30

Destaque na coluna ‘O canto do Joca’, no jornal ABC Repórter, a Softline destacou a história de sua franqueada Sandra Marostica. Demitida aos 30 anos, após estudar o mercado de franquias e analisar qual marca teria o perfil compatível com o seu, a profissional apostou na rede de limpeza comercial Limpidus com 40 anos de experiência na solução técnica de limpeza corporativa.

Confira o conteúdo completo na matéria abaixo.

03.02.2018 Jornal ABC Reporter_case Sandra Marostica (impresso)-1

Brenda Zicarelli, fundadora do Instituto Gastronômico, é case de sucesso na Pequenas Empresas & Grandes Negócios

As vantagens de se abrir uma franquia são maior taxa de sucesso e o conhecimento técnico e de mercado transmitido pelo franqueador. Mas, para Brenda Zicarelli, a ideia de começar um negócio próprio se deu pela visão de mercado e a necessidade de uma escola de culinária no interior da Argentina. O instituto Gastronômico (IGA) começou com duas unidades, uma em Rafaela e outra em São Francisco. A partir do sucesso e rápido desenvolvimento dos alunos, a empreendedora ampliou sua rede para o Brasil e EUA. Confira a história completa aqui

Iga_PEGN

Ernesto Villela, CEO da Samplify, fala sobre Marketing de Experimentação à Clientes SA

O Marketing de experimentação aproxima o potencial cliente de um determinado produto ou marca e promove a primeira experiência ao cliente e aprtir de estratégias bem definidas a venda é convertida. O fundador da Samplify, Ernesto Villela, fala sobre essa experiência na era do Marketing Digital em seu artigo para a Cliente SA.

12.04.18 - Site_Cliente SA - Artigo Ernesto Villela

CAM-CCBC e L.O.Baptista Advogados são destaque em matéria sobre competições internacionais

Competir no exterior enriquece currículo

Universitários que encaram o desafio de participar de disputas internacionais enriquecem suas habilidades e ganham destaque

Os estudantes que desejam construir carreira na área de arbitragem contam com o Vis Moot, que se realiza todos os anos em Viena, na Áustria. A competição foi criada para fomentar o estudo nas áreas de arbitragem comercial internacional e direito do comércio internacional. “Neste ano, serão 342 faculdades do mundo inteiro e mais de três mil alunos. Só do Brasil teremos estudantes de 24 instituições”, conta o presidente do Centro de Arbitragem e Mediação da Câmara de Comércio Brasil – Canadá (CAM-CCBC), Carlos Forbes.

Sócio da área de arbitragem do L. O. Baptista Advogados, Paulo Macedo considera importante essa experiência na formação do aluno. “Eles vivem um pouco da prática da profissão que não é só voltada para o conteúdo. Ela também é muito focada na capacidade de argumentação e exige demais do aluno”, afirma.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Valor FORBES

 

 

Paulo Nasser, do Miguel Neto Advogados, comenta caso Neymar em matéria do Estadão

Estafe de Neymar rebate DIS e diz que craque não será preso

Empresa do jogador chama grupo responsável pela ação na Espanha de ‘ganancioso’

Por Gonçalo Junior

A empresa NN Consultoria, responsável pela gestão de carreira do atacante Neymar, comentou a decisão da Justiça da Espanha que rejeitou os recursos apresentados pelo jogador, Barcelona, Santos, a empresa N&N e a mãe do jogador, Nadine Gonçalves, contra a acusação de corrupção e fraude na negociação do craque, em 2013.

O grupo de investimento brasileiro DIS, que era dono de 40% dos direitos de transferência de Neymar, recorreu à Justiça espanhola afirmando ter recebido menos do que deveria pela transferência do jogador do Santos ao Barcelona em 2013. “Ganhamos o recurso do Neymar e do Barcelona e agora não tem mais saída, pois todos ‘sentarão’ nos bancos dos réus e podem pegar até cinco anos de cadeia”, afirmou Paulo Nasser, advogado da DIS, logo após a decisão da Justiça espanhola.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

 

Meio & Mensagem online publica artigo do fundador da mLabs, plataforma de gerenciamento de redes sociais

Como salvar sua marca de fake news

Para combater críticas, vale a habilidade de reconhecer problemas e comprometer-se com qualidade e transparência

Por Rafael Kiso

Facebook, o Google e uma série de organizações de notícias lançaram iniciativas e tecnologias para prevenir que notícias falsas apareçam em suas redes. Infelizmente, a curto prazo, isso só servirá para conteúdo jornalístico, pois atualmente uma das maiores preocupações das marcas é ter boatos falsos sobre seus produtos ou serviços espalhados nas redes sociais. Como evitar isso?

Para ler artigo na íntegra, clique aqui.

 

Computer World destaca parceria entre Finnet e Tableau Software

Finnet firma acordo para a venda de treinamentos e licenças da Tableau

Por Sidney Junior

A Finnet, especializada em soluções de TI para fluxo de dados financeiros, firmou acordo para a venda de licenças e treinamentos no Brasil do sistema da Tableau Software, empresa de tecnologia com foco em análise de dados. O objetivo da Finnet é ampliar seus serviços de Business Intelligence (BI) e oferecer ao mercado uma ferramenta de aplicação e uso facilitados.

Segundo a gerente comercial da Finnet, Danielle Raposo, uma das características importantes da ferramenta é conseguir mostrar claramente as informações estratégicas de uma empresa sem demandar participação expressiva de um profissional. “Para um executivo que precisa controlar melhor as informações geradas em determinado departamento, o uso do sistema Tableau é vantajoso porque a tabulação é feita de maneira simplificada e didática, otimizando processos e tornando mais ágil a tarefa de entender dados para melhor orientar os planos do negócio”, explica.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.

Executivos da Casa do Construtor falam sobre gestão em matéria do Valor Econômico

Sucessão é tema ainda fora da pauta

Por Kátia Simões

A criação de um comitê gestor, formado por profissionais de carreira e do mercado foi o primeiro passo prático dado há um ano pela Casa do Construtor para iniciar seu processo de transição, com os sócios-fundadores Altino Cristofoletti Júnior e Expedito Arena saindo gradativamente da operação para dedicar-se mais à estratégia do negócio. Com 23 anos de mercado, 255 unidades abertas e um faturamento estimado para este ano de R$ 183 milhões, a Casa do Construtor vive agora a passagem de seu primeiro ciclo de direção na franqueadora. Um movimento que várias redes de franquias provavelmente enfrentarão em um futuro próximo, mas que poucas ainda se preocupam em começar a desenhar.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

valor-economico-casa-do-construtor

 

Especialista da CGI é fonte em matéria do Valor Econômico sobre energia

Especialistas preveem bandeira verde e conta de luz sem aumento em setembro

Por Rodrigo Polito e Camila Maia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulga hoje a cor da bandeira tarifária que será adotada para setembro. A maioria dos especialistas e investidores ouvidos pelo Valor acredita que a bandeira permanecerá na cor verde. Alguns, porém, acreditam que há espaço para a mudança para a cor amarela. Caso a autarquia mude a cor da bandeira, refletindo um aumento de custos com geração térmica, haverá um impacto estimado em 2% sobre as contas de luz dos consumidores.

Para Marco Afonso, especialista em energia da consultoria em serviços em utilities CGI Brasil, a combinação do aumento da demanda previsto para os últimos quatro meses do ano com os níveis dos reservatórios das usinas, que continuam baixos, devem motivar o acionamento das térmicas com custo acima de R$ 211 por megawatt-hora (MWh), justificando a bandeira amarela.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

valor-cgi

Sorridents é tema de matéria e de menção honrosa no Guia de Franquias 2016 da revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios

Sorridents – A diversificação está na cartilha da rede de clínicas odontológicas que virou case em Harvard

Por Ediane Tiago

A cirurgiã-dentista Carla Renata Sarni, fundadora da Sorridents, é uma gestora obcecada pelos detalhes. Nada escapa ao seu radar. Além de oferecer conforto, as clínicas têm de ser bonitas e limpas e manter alto o padrão de atendimento. Tudo para “acolher” o cliente. “Cuidar de gente exige dedicação intensa. Nós lidamos com saúde”, diz ela.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Guia de Franquiassorridents-blog

 

 

Plano de Negócios, o novo blog da Folha de S. Paulo, conta história de franqueado da rede Doutor Lubrifica

Crise lança demitidos no empreendedorismo, mas falta de planejamento gera riscos

Por Filipe Oliveira

Adriano Amaral, 31, foi demitido da empresa na qual trabalhava havia dois anos e meio como técnico em mecânica em dezembro do ano passado. A companhia reduziu em 90% seu quadro de funcionários.

O desemprego o fez tomar a iniciativa de abrir uma unidade da franquia Doutor Lubrifica, de serviços automotivos, há um mês. Amaral trabalha na cidade de Capão Bonito (SP),  junto com sua noiva. Ele visita os clientes e faz trocas de óleo e ela marca atendimentos e envia orçamentos.

Ele conta que investiu R$ 55 mil para abrir o negócio. O valor inclui taxa de franquia, estoque, capital de giro e um carro. “Tive um pouco de medo da crise, sim. Mas penso que abrir uma empresa é sempre difícil, tudo depende do esforço de cada um”, diz o empresário.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem aqui.

Sorridents participa de matéria na revista Valor Setorial sobre o crescimento de franquias de odontologia

O apelo de um sorriso barato

Clínicas de odontologia crescem este ano devido à contínua valorização da saúde bucal e da estética por parte da população

Por Rita Cirne

O segmento de franquias de odontologia não para de crescer. Mesmo em um ano de recessão econômica, as redes projetam expansão acima de dois dígitos em receitas e unidades.

Para a Sorridents, franquia que começou em 1995, na capital paulista, e é considerada a maior franqueadora de clínicas odontológicas da América Latina, a expectativa é faturar R$ 200 milhões de ano, aumento de 10% em relação a 2015.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Valor Setorial - Junho

Vice-presidente da CGI Brasil comenta novas regras do setor elétrico em matéria de capa do Valor Econômico

Setor elétrico deve inaugurar novas regras com venda da Celg

Por Rodrigo Polito, Daniel Rittner, Murillo Camarotto e Camila Maia

O presidente interino Michel Temer fez a primeira grande alteração na legislação do setor elétrico desde que assumiu o poder, com a Medida Provisória (MP) 735, publicada ontem e que altera trechos de diversas leis, modificando a gestão de encargos setoriais e criando medidas para facilitar a transferência de controle de ativos e privatizações de empresas de energia.

Para Marcos Saltini, vice-presidente da consultoria em serviços em utilities CGI Brasil, as regras simplificam o processo de venda da Celg e demais distribuidoras da Eletrobras, mas as dívidas dessas empresas ainda são um obstáculo. “Para os novos investidores, a MP facilitou ao tornar o processo mais fácil. Mas se o governo não tratar da questão da dívida [da Celg D], acho que ainda não vai resolver”.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Valor Economico CGI

 

 

Revista Valor Setorial, do Valor Econômico, aborda modelo de negócio da rede Doutor Lubrifica

Cautela, apesar do cenário favorável

Baixo investimento e pequeno espaço físico são as vantagens desse modelo, mas é preciso analisar com cuidado as opções do mercado

Por Andrea Vialli

A prestação de serviços em casa é uma das fortes tendências no segmento de franquias detectadas em 2016 pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). Um dos motivos é que esse modelo, por dispensar o ponto de venda e por demandar um número reduzido de colaboradores, dilui os custos fixos da operação.

A Doutor Lubrifica, franquia de prestação de serviços automotivos em sistema delivery, aposta nesse segmento. O carro-chefe da marca é a troca de óleo, mas o fraqueado pode agregar outros serviços, como troca de filtros, polimento e enceramento, lavagem ecológica do veículo e higienização de estofados.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

entrevista carlos sobre doutor_Revista setorial franquias valor 01_30 JUNentrevista carlos sobre doutor_Revista setorial franquias valor 02_30 JUNentrevista carlos sobre doutor_Revista setorial franquias valor 03_30 JUN