Category: Petrobras

#TBT de resultados na imprensa – João Santana no jornal Folha de S. Paulo

Em novembro de 2018, um artigo de autoria do especialista em gestão de infraestrutura, João Santana, foi publicado no jornal Folha de S. Paulo, na seção Tendências/Debates.

No texto, Santana fez uma análise da necessidade de se privatizar a Petrobras e quais poderiam ser os entraves ao tentarem “fatiar” a estatal.

Tendências/Debates é um espaço da Folha de S. Paulo bastante disputado, o que eleva a importância dessa conquista por meio do trabalho de assessoria de imprensa para João Santana.

 

Ubiratan Mattos, sócio do Mattos Muriel Kestener Advogados, é fonte em matéria sobre Reach no jornal Valor Econômico

Lei de produtos químicos da UE já afeta Brasil

Por Marta Watanabe

O Reach, sigla em inglês de uma legislação para controle da entrada de produtos químicos na zona do euro, começa a trazer maiores impactos para os exportadores brasileiros. Companhias como Braskem e Petrobras notam maior demanda de consultas de clientes e de pedidos de certificados em função da evolução da legislação. A Alpargatas substituiu os compostos chamados de ftalatos em toda a linha de chinelos Havaianas para livrar seus produtos de qualquer restrição do Reach nas vendas aos europeus. A Abiquim, entidade que reúne a indústria química, estima que a legislação atingirá 50% das exportações brasileiras.

China e Canadá estudam barreira semelhante ao Reach

Regulamentado em 2006, o Reach deve servir para outros países como modelo para controle de entrada de substâncias químicas.

Ubiratan Mattos, do escritório Mattos Muriel Kestener Advogados, diz que as empresas que exportam para a União Europeia correm risco de ter dupla desvantagem. Elas terão aumento de custo, o que pode tirar a competitividade delas nos mercados externos. “Além disso, podem passar a competir no mercado doméstico com fabricantes que não seguem a mesma legislação”.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Valter Pieracciani, da Pieracciani Desenvolvimento de Empresas, fala ao Valor Econômico sobre linhas de crédito para inovação

Governo pode lançar mais linhas de crédito para pesquisa 

Por Alessandra Saraiva

O governo estuda uma série de novas linhas de financiamento à inovação, voltadas para setores mais carentes em investimento em pesquisa e desenvolvimento. O formato dos novos programas pode ser similar ao do Inova Petro, linha elaborada por meio de parceria entre Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Petrobras, para a cadeia de petróleo e gás, detalhou ontem o presidente do banco, Luciano Coutinho.

Para a consultoria paulistana Pieracciani, especializada em gestão de inovação, já existem bons instrumentos de financiamento para inovação. Mas o direcionamento do crédito poderia ser mais voltado para o setor de serviços, e não concentrado no setor industrial, como ocorre hoje, avaliou o sócio-fundador da consultoria, Valter Pieracciani. “A indústria sempre é lembrada primeiro.”

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Valor Econômico destaca estratégias de mídia indoor da Enox para a BR Mania, rede de lojas de conveniência dos postos Petrobras

Lojas da BR vão  faturar com mídia

Por Francisco Góes

A BR Mania, rede de lojas de conveniência dos postos Petrobras, está se transformando em um canal para empresas interessadas em ações de mídia interior.  A ideia é que  anunciantes de diferentes setores possam usar os pontos de venda da BR Mania como espaços para comunicação de seus produtos, valendo-se de estratégias como colocação de adesivos nas fachadas e nas geladeiras  das lojas e o uso de displays nos caixas.

O trabalho está sendo desenvolvido a partir de uma parceria entre a BR Distribuidora e a Enox, empresa especializada em mídia “indoor” no país. Segundo Rafael Cordeiro, diretor de comunicação e conteúdo da Enox, foram mapeadas, em um primeiro momento, oportunidades de mídia interior em 380 lojas da BR Mania.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo: