Category: Isto é Dinheiro

IstoÉ Dinheiro destaca com exclusividade o lançamento da empresa Docbiz

Sorriso contra a crise

Por Hugo Cilo

Maior rede de clínicas odontológicas do Brasil, a Sorridents vai estrear no mercado de tecnologia. A empresa, com 240 endereços e faturamento de R$ 220 milhões em 2016 – alta de 10% sobre o ano anterior -, enxergou uma oportunidade de negócios na falta de habilidade dos dentistas em administrar suas finanças. “Geralmente, as contas dos consultórios são uma bagunça. Por não terem aulas de administração e finanças na faculdade, os profissionais chegam ao mercado sem a capacidade de gerir uma empresa”, disse à DINHEIRO a fundadora da Sorridents, Carla Sarni.

Para ler a nota na íntegra, clique na imagem abaixo:

IstoÉ Dinheiro - Sorridents

 

 

Sorridents participa de matéria sobre recrutamento de franqueados na revista IstoÉ Dinheiro

Procura-se o franqueado certo

Por Andrea Assef

Como acertar na hora de escolher o franqueado? A resposta vale um milhão de dólares. E os franqueadores, cada vez mais exigentes, lançam mão de estratégias de recursos humanos, como análise de perfil, dinâmica de grupo e longas conversas com psicólogos, para encontrar o parceiro ideal.

A rede de franquias Sorridents, a maior em número de consultório odontológicos do País, com 140 unidades em 15 Estados do Brasil, utiliza uma série de ferramentas de seleção com base nas usadas pelos profissionais de recursos humanos para escolher seus franqueados.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Revista IstoÉ Dinheiro publica bate-papo com a advogada Patricia Peck Pinheiro

Redes Sociais no mundo corporativo

Patricia Peck, sócia-fundadora do escritório Patricia Peck Pinheiro Advogados, fala sobre o uso consciente das redes sociais por colaboradores e pelas empresas. Ela destaca a necessidade de criação de um código ou manual interno de conduta e boas práticas online.

Clique na imagem abaixo para ler a entrevista

Ranking exclusivo BrandAnalytics e IstoÉ Dinheiro

As Marcas mais valiosas do Brasil em 2010

As joias do capitalismo brasileiro

O valor das 50 marcas mais valiosas do País ultrapassou a barreira dos R$100 bilhões. Isso revela que os gigantes nacionais estão prontos para competir globalmente.

Carlos Sambrana

Leia mais clicando aqui