Tag: TI

Ideias & Efeito assume a assessoria de imprensa da Imagem

A Ideias & Efeito foi a agência escolhida pela Imagem (www.grupoimg.com.br), líder em Soluções de Inteligência Geográfica, para desenvolver o trabalho de assessoria de imprensa da marca e seus produtos.

Fundada em 1986, a empresa brasileira é distribuidora oficial e exclusiva do ArcGIS, plataforma de dados geográficos desenvolvida pela gigante norte-americana Esri. Apoia empresas e governos na transformação de dados em conhecimento através de tecnologias que solucionam problemas de negócios. Sediada em São José dos Campos/SP, a Imagem conta com equipe formada por 230 profissionais e escritórios comerciais no Rio de Janeiro, Brasília, Ribeirão Preto, Porto Alegre e Salvador.

O atendimento da Ideias & Efeito à Imagem será realizado pela jornalista Thais e Silva (thais@ienoticia.com.br), com gerência de Aline Elias (aline@ienoticia.com.br) e direção de Audrei Franco (audrei@ienoticia.com.br).

 

inove participa de matéria sobre gestão e especialização na área de TI para a Revista Educação Profissional

A parte e o todo

Emílio Leite de Souza, de 24 anos, consultor pleno da inoveLive!, unidade de negócio focada na venda e implantação de produtos Microsoft na Nuvem, com pouco mais de dois anos na empresa, e cursando o último ano de tecnologia em análise de desenvolvimento de sistemas na Fatec, é responsável por projetos individuais na empresa e vem assumindo cargos de liderança.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Educação Profissional - I9

Jornal DCI destaca 10 anos da Finnet e lançamento de nova versão da ferramenta Gestor Bancário

Gestor Bancário

A Finnet, empresa brasileira de TI voltada ao mercado financeiro, completa 10 anos este mês e aproveita a data para apresentar às empresas a nova versão do Gestor Bancário, criado para a administração do fluxo financeiro e que contou com investimento de mais de R$ 1 milhão. Entre outras aplicações, a ferramenta autoriza remotamente os pagamentos.

Para ler a nota na íntegra, clique na imagem abaixo

Especial Gestão Financeira, do Valor Econômico, destaca ferramentas desenvolvidas pela Finnet para o setor

Ferramentas que destravam o gerenciamento financeiro

Por Jacilio Saraiva

Os novos softwares que ajudam os chief financial officers (CFOs) no dia a dia de trabalho estão enterrando funções obsoletas que travavam a gestão financeira. O objetivo dos fabricantes do setor de tecnologia de informação (TI) é ajudar os executivos a tomar decisões estratégicas com mais velocidade e com melhor direcionamento de recursos.

Há medidas de planejamento, simulação de cenários econômicos e até de localização de clientes inadimplentes. Alguns sistemas facilitam as tarefas dos líderes por meio de dispositivos móveis e portais disponíveis na internet. “Com a globalização dos negócios, é necessário utilizar aplicações na web que garantam o acesso aos dados da empresa, independentemente do local ou do horário de trabalho”, diz Carlos Eduardo Stefanini Cervelatti, diretor comercial da Finnet, especializada em TI.

Com suas soluções, a Finnet conquistou clientes como Samsung, Rossi Residencial e a Imobiliária Lopes. “Uma de nossas ferramentas opera em formato de portal online com gráficos de movimentações e controle de contas de diferentes bancos, o que facilita o acesso remoto dos executivos”, ressalta Cervelatti.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

GVP IT Solutions é destaque no Valor Econômico em matéria sobre gestão de NOC

Área de TI busca gestor para cuidar de redes 24h.

Executivo precisa gerenciar crises e lidar com pressão

Por Jacílio Saraiva

O Mercado de TI encontra dificuldades de recrutar profissionais de NOC (Network Operation Center) que monitoram sistemas e serviços de empresas em tempo integral. Em pelo menos seis empresas ouvidas pelo Valor, todas têm vagas abertas.

Segundo Karin Campos, diretora de recursos humanos da GVP IT Solutions, com 150 colaboradores, a previsão para 2013 é contratar dez novos gestores de NOC.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

InformationWeek destaca opinião da Dra. Patricia Peck sobre como proceder no ambiente profissional acerca da consumerização

Você está preparado para surfar?

Uma revolução de consumo começou. Vive-se uma mudança visível no eixo de adoção tecnológica. A curva de novidades deixou de ser puxada pelos departamentos de TI das corporações para ser empurrada para dentro do muro das empresas por milhões de usuários  de um número cada vez maior de sistemas e dispositivos. O fenômeno recebeu o nome de “consumerização”. Se há dez anos os funcionários ficavam felizes no trabalho porque lá encontravam um bom computador, hoje, eles reclamam pois não têm na empresa tanta sofisticação quanto o que contrata em sua casa.

A modernidade relativizou os muros da companhia. Praticamente não há divisão entre o pessoal e o profissional e a consumerização ocupa apenas um pedaço desse ambiente complexo. Ainda faltam diretrizes sobre a melhor forma de proceder dentro desse conceito incerto. “Não podemos dizer não para as inovações”, sintetiza a advogada Patricia Peck, acrescentando que não existe uma lei formal quanto a utilização de dispositivos pessoais para fins corporativos.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Perito em crimes digitais, Wanderson Castilho, é entrevistado pela revista Gestão & Negócios sobre o crescimento da informatização das PMEs

Por Milena Parente

Tecnologia para PMEs

Manter a empresa atualizada tecnologicamente nem sempre é algo fácil e barato. E quando se trata de micro, pequenas e médias empresas, o assunto pode ser assustador para seus gestores. Pode, mas não deveria. Hoje em dia os empreendedores podem ter acesso a uma alta tecnologia por um custo menor, diferente da realidade de alguns anos atrás. Isso é possível graças ao avanço das tecnologias, da internet e também de empresas que pensam seus serviços para esse segmento que precisa expandir e atualizar-se e nem sempre dispõe de capital para isso.

Atualmente, tecnologias informatizadas que somente grandes empresas tinham acesso passaram a estar disponíveis para as empresas de menor porte, como soluções completas de segurança (que vão além do antivírus e passam a integrar recursos de filtro de conteúdo, firewall, antiSPAM, analisador de URL, etc.), softwares e aplicativos para virtualização e cloud computing, dentre outros.

O especialista em perícia digital, Wanderson Castilho, confirma a crescente demanda para este segmento, que passa a ter acesso às mesmas tecnologias de empresas de grande porte, porém, direcionadas para o seu foco e atuação.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo:

Perito digital Wanderson Castilho, da E-Net Security, é entrevistado ao vivo no programa Conta Corrente, da GloboNews

Especialista em crimes virtuais fala sobre segurança no uso da web

O Brasil ganhou 12 milhões de internautas em 2009. Hoje, uma em cada quatro casas acessam a internet. Entretanto, segundo Wanderson Castilho, as pessoas ainda não sabem como navegar de forma segura. De acordo com o perito,  crianças e jovens são os que costumam ter mais problemas, porque não lembram que o que é feito na internet tem consequências no mundo real. No Conta Corrente, jornal diário trasnmitido ao vivo pela Globonews, o profissional conta que é preciso educar as pessoas para que aprendam a navegar com segurança na web.

Clique abaixo e confira a entrevista