Tag: O Globo

Possível lançamento de celular pelo Facebook é tema de entrevista de Paulo Schiavon, da Enken, ao jornal O Globo

Facebook deve lançar hoje seu celular com sistema Android

Por Rennan Setti

O Facebook dará hoje um passo importante para aprofundar suas raízes no terreno da mobilidade. A rede social prometeu revelar “sua nova casa no Android”, expressão que apenas sugere o real produto:  um aparelho celular com sistema operacional Android modificado, que terá a rede social como estrela. Ou seja, uma espécie de “telefone do Facebook”.

Estratégia para fortalecer a marca
O anúncio acontece justamente no momento em que a empresa tenta provar que é capaz de gerar receita publicitária em celulares, onde as dimensões reduzidas dificultam a veiculação de anúncios. Para Paulo Schiavon, diretor da agência de publicidade digital Enken, um celular centrado no Facebook não representaria incremento na faturamento com anúncios móveis.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

Tiago Luz, da Underdogs, é entrevistado pelo jornal O Globo sobre publicidade móvel no Facebook

Facebook atrás da publicidade móvel 

Por Rennan Setti

“Eu quero dissipar o mito de que o Facebook é incapaz de fazer dinheiro pelo celular”, disse Mark Zuckerberg a investidores de Wall Street quando a empresa divulgou os resultados financeiros do terceiro trimestre.

Tiago Luz, presidente da agência de marketing digital underDOGS, avalia que permitir a veiculação de anúncios nas páginas pessoais dos membros da rede social pode causar um efeito negativo no usuário, sobretudo quando ela é feita de forma pouco segmentada.

Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

 

Jornal O Globo consulta Enken e underDOGS sobre diminuição de usuários do Twitter no Brasil

Internauta brasileiro deixa Twitter de lado

Por Bruno Rosa

Nada parecia deter o avanço do Twitter no Brasil em meados de 2008. Verdadeira febre na internet, o microblog conquistava uma legião de usuários famosos, que a todo instante postavam tweets (mensagens) em apenas 140 caracteres. Mas, quatro anos depois, uma reviravolta. Apesar de ter criado até uma versão em português, a rede social americana só tem perdido usuários por aqui.

“O Facebook é muito semelhante ao que era o Orkut. Você consegue conversar, ver fotos e interagir. É como se fosse uma “orkutização” do Facebook. Acho que o brasileiro não entendeu como funciona o Twitter e quer transformar todas as redes no que era o Orkut”, explica Tiago Luz, presidente da agência de marketing UnderDOGS.

Estima-se que o Twitter tenha pouco mais de 40 milhões de contas no Brasil. Levantamento feito pela Enken, agência de publicidade digital, revela que cresceu de 20% para 25% do total da base o número de usuários que não acessaram o microblog no último ano.

 Para ler a matéria na íntegra, clique na imagem abaixo

 

Jornal O Globo consulta especialistas da Direct Labs e da Focusnetworks para matéria sobre redes sociais

Orkut acirra briga com Facebook e Twitter no país

Redes sociais disputam internautas brasileiros em novos serviços e em maior interação na internet

por Bruno Rosa

As principais redes sociais estão intensificando a disputa pelos internautas brasileiros. Enquanto Facebook e Twitter crescem com força, o Orkut, controlado pela Google, se arma de novidades para não perder a liderança no país, onde já conta com mais de 30 milhões de usuários, correspondendo a quase 60% da base global.

“Metade da base do Orkut hoje é a classe C. O crescimento do Orkut no Brasil é sustentado basicamente pela entrada de brasileiros das classes sociais mais baixas na internet. E o orkut faz suceso porque é mais simples que o Facebook. Por outro lado, o Facebook e Twitter conquistaram os mais antenados”, explica Rafael Kiso, diretor da Focusnetworks.

Por atrair um público de maior renda, o Facebook e o Twitter têm buscado cada vez mais a atenção de empresas. “É difícil uma rede como a do Orkut acabar. Mas a migração está acontecendo. Hoje, as empresas usam o Orkut por suas comunidades como forma de relacionamento com seus clientes. No Facebook e no Twitter, anunciam as novidades”, afirma Diego Monteiro, consultor de Redes Sociais da Direct Labs.

Clique na imagem abaixo para ler a matéria completa